O drama da menina de 17 anos que cria seus 7 filhos sozinha depois que os pais abandonaram

1274

Se criar um filho já dá trabalho, imagina pra Pamela Villarruel, que é uma jovem de 17 anos da cidade de Leones, uma província de Córdoba, Argentina, que engravidou pela primeira vez aos 13 anos de idade e achou que era o amor de sua vida.

O que ela não esperava porém, é que sua vida mudaria tão drasticamente. Com apenas 14 anos seu namorado a abandonou com a criança e ela passou a ser ‘mãe solteira’.

Aos 16 anos, tornou-se mãe novamente, só que dessa vez veio 3! O pai também não assumiu a responsabilidade de ajudá-la com a educação e, embora todos os homens que mantinham relações com Pamela fossem maiores de idade, sendo este um crime punível pela lei argentina, a justiça não fez nada a respeito.

O drama da menina de 17 anos que cria seus 7 filhos sozinha depois que os pais abandonaram
O drama da menina de 17 anos que cria seus 7 filhos sozinha depois que os pais abandonaram

A situação da jovem tornou-se cada vez mais precária, ela teve que cumprir sozinha a responsabilidade de satisfazer as necessidades de todos e garantir sua saúde e bem-estar com pouquíssimos recursos econômicos.

Pamela tinha 17 anos e era mãe de 7 filhos, teve um novo relacionamento amoroso que terminou como vítima de agressão.

Os pais dos filhos desta adolescente, um menino e seis meninas, não têm nenhum relacionamento com ela ou com os filhos.

As autoridades de sua comunidade lhe designaram uma casa com um terreno para que ele pudesse oferecer aos filhos um lar decente. No entanto, Pamela e sua família vivem em uma situação de pobreza, ela trabalha duro para alimentar seus filhos.

Algumas pessoas manifestaram solidariedade com a situação e enviaram doações para contribuir com a educação das sete crianças.

Embora alguns a tenham condenado com o argumento de que o que ela está vivendo é o resultado de sua negligência por não usar um método contraceptivo devido ao risco de ter uma gravidez.

A mãe de Pamela diz que, após o nascimento dos segundos trigêmeos, o governo do Lions lhes ofereceu mais assistência e ajuda.

Além da moradia, eles recebem pensão mensal e provisão de fraldas.

Ele disse à imprensa que assinou com Pamela uma autorização para a adolescente se submeter a uma cirurgia de esterilização, mas a lei apenas contempla que ela se submeta a esse procedimento quando tiver 21 anos completo.

Pamela declarou: “Estamos avançando o máximo que podemos, com muito esforço, com algumas dificuldades, mas sempre tentando fazer com que meus filhos tenham o que precisam, embora nem sempre possamos.”

Pamela Villarruel
Pamela Villarruel e seus 7 filhos / Foto : Divulgação

Comentários