Home Notícias Política Partido da Mulher Brasileira se chamará Brasil 35 e provavelmente abrigará Bolsonaro

Partido da Mulher Brasileira se chamará Brasil 35 e provavelmente abrigará Bolsonaro

2 minutos lido
98

O Partido da Mulher Brasileira (PMB), uma das siglas cotadas para abrigar o projeto de reeleição do presidente Jair Bolsonaro, aprovou no último sábado , 24, a mudança no nome da legenda em reunião da executiva nacional, no Rio de Janeiro. O PMB passou a se chamar oficialmente “Brasil 35” — 35 é o atual número do partido. A mudança aconteceu na Convenção Nacional do Partido o seu novo nome: Brasil 35

O Brasil 35 surge com uma nova linha para suprir as necessidades dos brasileiros não sendo nem de Direita, nem de Esquerda e nem do Centro.

“Somos Plural. O Brasil que temos hoje é resultado das gestões feitas pela Direita, Esquerda, Centro e nada funciona. Vamos construir um Brasil para os brasileiros e trabalhar para alcançar os anseios de todos no que tange à Saúde, Educação, Economia e demais áreas “, revela a Presidente do Brasil 35, Suêd Haidar.

Com o slogan “Coragem para Fazer” o partido traz o Brasil no nome e tem como símbolo o céu com as estrelas que representam as Repúblicas Federativas acrescido do número 35.

“Estamos começando mais uma etapa da nossa caminhada. Fui a primeira Mulher Brasileira a fundar e homologar um partido neste País e agora temos o Brasil no nosso nome para mostrar a amplitude da nossa missão. Lutaremos pela igualdade de gênero. Continuaremos sendo o partido da sororidade e da empatia “, finaliza Suêd Haidar, Presidente do Brasil 35.

A mudança do nome estava em discussão desde 2017, inclusive registrado em ata. O principal objetivo é atrair maior número de filiados, que tem rejeição ao nome anterior.


Foto: Divulgação

De acordo com o presidente estadual da sigla, Santana Pires, a mudança do nome estava em discussão desde 2017, inclusive registrado em ata. O principal objetivo é atrair maior número de filiados. “O PMB tem rejeição para a filiação de algumas pessoas. Então, juntamos o útil ao agradável. Não é só por causa do Jair [Bolsonaro]”.


Foto: Divulgação

Segundo Santana, a presidente nacional do partido, Suêd Haidar tem conversado com Bolsonaro, que já havia falado sobre a possibilidade de mudança da nomenclatura. “É um atrativo porque se o presidente se filiar também ia querer a troca do nome”. O Brasil 35 disputa a preferência do presidente com o Patriota e o Democracia Cristã (DC).

O vereador Edgar Duarte Careca também confirma a negociação de Bolsonaro para filiação ao Brasil 35. “O partido tem total interesse em ter o presidente. Mas eu vejo uma dificuldade por ser um partido pequeno, não ter tempo de televisão e fundo partidário”.

Santana Pires nega e diz que Bolsonaro já deixou bem claro não tem empecilho sobre essas questões de recursos. “O PSL também era um partido pequeno [em 2018]. O influencia é a rede social. O partido tem só a ganhar e a crescer com Bolsonaro.

O PMB foi fundado em 2008, mas só conseguiu obter o registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2015. Na última eleição municipal, elegeu apenas 46 vereadores e uma única prefeita. O PMB não tem nenhum deputado federal ou senador. Em março deste ano, o agora Brasil 35 somava 48.341 filiados. O novo nome depende ainda de aprovação no TSE.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Leia Também

Epidemiologista afirma que cerca de 400 mil mortes poderiam ter sido evitadas

Nesta quinta-feira (24), em depoimento à CPI da Covid,  o epidemiologista Pedro Hallal dis…