Home Regionalismo Sustentabilidade Pesquisador amazonense vai participar do maior prêmio na área da energia e sustentabilidade o ‘Eni Award’ 2022.

Pesquisador amazonense vai participar do maior prêmio na área da energia e sustentabilidade o ‘Eni Award’ 2022.

2 minutos lido
63
O jovem pesquisador Flávio Freitas indicado ao Eni Awards 2022 pelo trabalho “Catalisadores a partir de fontes renováveis”. Fotos: Divulgação

O pesquisador do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) Flávio Freitas, 37 anos, foi convidado a participar do Eni Award 2022. O prêmio é considerado o Nobel na área da energia e sustentabilidade e acontecerá no Palácio Quirinale em Roma, na Itália no segundo semestre de 2022. As informações são do Portal marcos Santos.

O pesquisador amazonense foi indicado pelo trabalho “Catalisadores a partir de fontes renováveis”. De acordo com o pesquisador, o convite é resultado do trabalho inovador. “Fui indicado pelos trabalhos publicados em revistas internacionais sobre a obtenção de catalisadores a partir de fontes renováveis como casca de tucumã, semente de cupuaçu, pedra da pescada para obtenção de biodiesel”, detalhou Flávio Freitas.

O cientista explica que sua pesquisa trata da produção de biodiesel. “É um biocombustível biodegradável, atóxico, livre de enxofre e aromáticos, com um ponto de ebulição superior ao do diesel, e que pode ser obtido a partir de fontes renováveis como óleos, gordura bovina, borras ácidas, manteigas etc…”, detalhou.

Dedicação à ciência

Cientista e pesquisador dedicado, Flávio Freitas tem na ciência a fonte para um mundo melhor. Pesquisador do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) e professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Química da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Flávio recebeu com entusiasmo o convite para o Eni Awards.

“Ser convidado para participar desse prêmio de tamanha expressão é uma honra para um jovem pesquisador brasileiro, pois existem milhares de pesquisas pelo mundo – sendo muitas em universidades renomadas – que buscam contribuir com a obtenção de energia sustentável”, comentou.

Menos poluentes, os catalisadores são um grande alternativa de biodiesel. “Usamos catalisadores heterogêneos obtidos a partir de resíduos abundantes na nossa região como cascas de tucumã, sementes de cupuaçu, pedra da pescada, lodo de estações de tratamento de água. Outra vantagem é que são de fácil manuseio e não causam corrosão nos equipamentos, tais como os catalisadores normalmente utilizados”, finalizou.

Sobre o Eni Awards

O Prêmio Eni é um prêmio concedido pela empresa italiana de petróleo e gás Eni com o objetivo de incentivar o melhor uso das fontes de energia e o aumento da pesquisa ambiental. As rígidas diretrizes de premiação e os nomes notáveis ​​no comitê de seleção (incluindo os ganhadores do Nobel) fazem do Eni um prêmio cobiçado. A lista de vencedores do prêmio Eni inclui ganhadores do Nobel como Harold W. Kroto e Alan Heeger.

 

 

 

Com informações:  Portal Marcos Santos

Comentários com Facebook

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Alessandro Nuñes
Carregar Mais Em Sustentabilidade

Leia Também

Campos Sales receberá caminhão da Semmas nesta quinta (14) no programa Manaus Mais Verde

A Prefeitura de Manaus retoma, após o feriado do dia 12 de outubro, a programação de doaçã…