Placas com padrão Mercosul começam a ser usadas no Amazonas

172

Os veículos do Amazonas começam a ganhar emplacamento novo a partir dessa segunda-feira (10), quando o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) começa a usar o novo padrão, estabelecido pelo Mercado Comum do Sul (Mercosul).
O Brasil é o terceiro país do Mercosul a adotar a placa. A ação faz parte de um acordo internacional, com um objetivo de unificar a identificação dos automóveis que circulam nos países do bloco econômico sul-americano, como Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia.

O Diretor presidente do Detran-AM, Vinícius Diniz, disse que em primeiro momento a nova placa vai se aplicar apenas aos novos veículos emplacados na primeira transferência de propriedade, na primeira mudança de município ou iniciativa do proprietário interessado em adotar o novo modelo.

Diretores do Detran-AM e Mercosul com a nova placa. / Foto: Divulgação/Detran-AM
Diretores do Detran-AM e Mercosul com a nova placa. / Foto: Divulgação/Detran-AM

Vinícius ainda ressalta que o objetivo da placa Mercosul é a segurança, para o proprietário e para o veículo. Os agentes de trânsito terão o auxílio de um aplicativo com um leitor de QR-Code que tem na placa do carro com informações de identificação do veículo e seu dono, assim, não permitindo a ação de atravessadores e fraudadores, podendo identficar até um roubo. O valor da placa não vai ter alterações. “O objetivo maior dessa Placa Mercosul é a segurança da placa. Vai ter uma redução de R$90,00 porque não vai mais usar o lacre, fica o valor normal do emplacamento”, ressalta.

A nova placa traz impresso tarja azul, a bandeira do país de origem e inúmeros ítens de segurança e prevenção à clonagem e falsificação. A placa contém quatro letras e três números, diferente do modelo atual.

O que muda no visual da placa?
1- Mais letras e menos números
Em vez de 3 letras e 4 números, como é hoje, as novas placas terão 4 letras e 3 números, e poderão estar embaralhados, assim como na Europa;

2- Cores nas letras e números
Ao contrário do que acontece atualmente, em que a cor de fundo da placa muda conforme a categoria do veículo (aluguel, particular e oficial), nas novas placas a cor do fundo será sempre branca. As cores estarão nas letras e nos números.
Para veículos de passeio, cor preta, para veículos comerciais, vermelha, carros oficiais, azul, em teste, verde, diplomáticos, dourado, e de colecionadores, prateado – ou seja, é o fim da famosa placa preta.

3- Tamanho
A placa terá as mesmas medidas das já utilizadas no Brasil (40 cm de comprimento por 13 cm de largura);

4- Contra falsificações
Marcas d’água com o nome do país e do Mercosul estarão grafadas na diagonal ao longo das placas, com o objetivo de dificultar falsificações. No Brasil, a placa terá uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional (QR-Code) que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação, número serial da placa, bem como dados do veículo e do proprietário. A tira é uma maneira de evitar falsificação.

Placa Mercosul que passa a ser usada a partir dessa segunda-feira (10). / Foto: Reprodução
Placa Mercosul que passa a ser usada a partir dessa segunda-feira (10). / Foto: Reprodução

Fonte: Assessoria de Comunicação do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Comentários