Home Notícias Polícia Polícia pede ajuda para encontrar homens envolvidos na tentativa de homicídio por homofobia na Praça do Caranguejo

Polícia pede ajuda para encontrar homens envolvidos na tentativa de homicídio por homofobia na Praça do Caranguejo

1 minutos lido
76

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), solicita a colaboração da população na divulgação das imagens de dois indivíduos, ainda não identificados, envolvidos na tentativa de homicídio de um casal homoafetivo. O crime aconteceu no dia 11 de setembro deste ano, por volta da 1h, na avenida Eldorado, bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul da capital.

Vítimas eram um casal homoafetivo que estava em uma praça pública, quando dois indivíduos lhe proferiram ofensas

De acordo com o delegado Marcos Arruda, titular da unidade policial, as vítimas haviam estacionado uma motocicleta em frente a um dos bares da Praça do Caranguejo, no bairro onde ocorreu o delito, quando foram surpreendidas por comentários homofóbicos vindo dos procurados.

Segundo a autoridade policial, logo em seguida ao fato, as vítimas foram até a mesa onde os homens estavam, e insistiram para que eles pedissem desculpas pelas ofensas.

Siga nosso novo Instagram @portalnoam

“Após o desentendimento, os autores seguiram o casal, ficaram próximos a um carro de cor preta, ainda não identificado, e aguardaram os dois rapazes embarcarem na motocicleta. Então, os indivíduos os seguiram até determinado ponto da avenida, quando fecharam a moto, e dispararam quatro vezes contra o veículo, ocasião em que um dos tiros acertou e perfurou o pulmão de uma das vítimas”, explicou a autoridade policial.

Arruda informou ainda que o homem baleado foi levado até o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, zona centro-sul de Manaus, onde ficou internado por dez dias, e recebeu alta na última segunda-feira (20/09).

Disque-denúncia – O delegado Marcos Arruda solicita a quem tiver informações acerca da localização dos dois indivíduos que entre em contato pelo número (92) 98476-0984, o disque-denúncia do 1º DIP, ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). “A identidade do informante será preservada”, garantiu o delegado.

FOTOS: Divulgação/PC-AM
FOTOS: Divulgação/PC-AM
Comentários com Facebook

Receba nossas notícias no seu e-mail 📩:
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Polícia

Leia Também

Justiça mantém preso corno filmado matando gerente talarico a facadas após vê-lo beijar sua mulher

No último domingo (16),  a justiça ouviu em audiência de custódia o homem que matou a faca…