Home Notícias Polícia Polícia prende responsáveis pela tatuagem “Eu sou ladrão e vacilão” na testa de garoto de 17 anos

Polícia prende responsáveis pela tatuagem “Eu sou ladrão e vacilão” na testa de garoto de 17 anos

1 minutos lido
68

O tatuador Ronildo Moreira de Araújo, 29 anos, e seu vizinho Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27, foram presos, na noite de sexta-feira (9/6), em São Bernardo do Campo (SP), depois de tatuarem na testa de um garoto de 17 anos a frase “Eu sou ladrão e vacilão”.

Imagem de reprodução do Youtube
Imagem de reprodução do Youtube

A polícia deteve os dois homens em flagrante pelo crime de tortura. Eles contaram aos investigadores que o jovem tentou roubar uma bicicleta e que a “marca” foi feita porque eles ficaram revoltados com a situação.

De acordo com a polícia, Maycon teria sido o responsável pela gravação e por ter divulgado, em grupos de WhatsApp, o vídeo do crime. A viralização da sessão de tortura se espalhou pela internet e contribuiu para que os agentes a encontrassem os responsáveis em uma pensão, local teria ocorrido o crime.

Durante a gravação, o garoto parece acuado e não reage a possibilidade de sentir dor. Em certo momento, os homens chegam a fazer piada com a situação dizendo que iria doer. O rapaz, então, é questionado sobre qual tatuagem deseja ter na testa. Apesar da pressão, ele não esboça nenhuma reação.

Familiares da vítima receberam o vídeo e reconheceram o jovem que estava desaparecido desde 31 de maio. Com a gravação, eles foram à Delegacia de Polícia de São Bernardo do Campo pedir o “resgate” do rapaz e informaram que ele é usuário de drogas.

Comentários com Facebook
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Polícia

Leia Também

Adolescente dá entrada em UPA por parada cardiorespiratória após relação sexual em carro segundo homem. Polícia vai investigar

Neste domingo (1), uma adolescente de 15 anos deu entrada em uma unidade de saúde na cidad…