Home Notícias Manaus Prefeitura distribuiu 160 novos caixilhos no cemitério N. S. Aparecida feitos a partir de madeira que foram doadas

Prefeitura distribuiu 160 novos caixilhos no cemitério N. S. Aparecida feitos a partir de madeira que foram doadas

1 minutos o tempo de leitura
98

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), entregou novos caixilhos no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, na avenida do Turismo, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, neste domingo, 27/3. O objetivo da entrega é dar dignidade às sepulturas que não possuem mais identificação. O secretário Sabá Reis acompanhou o processo.

Foto – Antonio Pereira / Semcom

De acordo com o gestor Sabá Reis, todos os 160 caixilhos foram feitos a partir de madeira que foram doadas por uma empresa de Manaus.

Foto – Antonio Pereira / Semcom

“Esses caixilhos serão substituídos por aqueles que já apodreceram ou que nem tinham mais no local. Sem a identificação, o cemitério fica com uma imagem bem feia. E podem perguntar: as pessoas não cuidam? Tem quem não cuida por relaxamento, e outros por ter que decidir entre comprar um pão e uma tábua, e eles vão comprar o pão. Essa é uma ação humanitária da prefeitura do David que vai além da sua obrigação. E aqui a ordem é fazermos o bem a todos”, enfatizou Sabá Reis.

Foto – Antonio Pereira / Semcom

Mais de 50 trabalhadores atuaram na entrega do material, e na segunda, 28/3, a Semulsp fará a nova identificação com placas de acrílico.

“Nós temos aqui uma equipe enorme de coveiros de outros cemitérios que vieram dar sua contribuição de forma espontânea, porque essa ação vai seguir neste cemitério e em outros de Manaus”, destacou Reis.

Foto – Antonio Pereira / Semcom
Foto – Antonio Pereira / Semcom
Foto – Antonio Pereira / Semcom
Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Manaus

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Maternidade Balbina Mestrinho arrecadou 117 frascos para doação de leite materno que atende bebês da capital e do interior do AM

A Maternidade Balbina Mestrinho, por meio do Banco de Leite Humano (BLH) Fesinha Anzoategu…