Home Notícias Política Presidente interino da Câmara, Marcelo Ramos instala comissão que analisa incentivos tributários nos setores de tecnologia da informação e comunicação

Presidente interino da Câmara, Marcelo Ramos instala comissão que analisa incentivos tributários nos setores de tecnologia da informação e comunicação

1 minutos lido
31

De lO presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM) defendeu a manutenção dos incentivos tributários para as empresas de tecnologia da informação e comunicação ao instalar, nesta quarta-feira (6/10), a Comissão Especial para análise da proposta de emenda à Constituição (PEC) que mantém benefícios para essas empresas, excluindo-as da política de redução gradual desses benefícios instituída pela Emenda Constitucional 109 (oriunda da PEC Emergencial).

Ramos é o primeiro amazonense a ocupa a presidência da Casa, e ficará comando da Casa até o próximo dia 10/10 em razão de viagem do presidente Arthur Lira à Itália. Segundo Ramos, quando houve a votação da PEC Emergencial, que buscou soluções orçamentárias e jurídicas para o aumento de gastos públicos durante o combate à pandemia, foi feito um acordo de manter benefícios para as empresas desse setor.

Segundo Ramos, trata-se de uma indústria próspera. “O Brasil tem uma indústria muito grande display, de condutores, de computadores e gera milhares de empregos e por isso é tão importante”, defendeu. Para ele, a medida é fundamental pois consolida o acordo que foi feito quando da votação da PEC Emergencial, de que a Lei de Informática seria retirada das metas de desoneração, e beneficia não só a Zona Franca de Manaus como as indústrias de todo o país.

A PEC 10/21 altera a EC 109, que prevê corte de ao menos 10% anuais desse tipo de benefício, para que o total das desonerações não ultrapasse 2% do PIB no prazo de oito anos. O plano de redução será apresentado pelo governo e valerá para todos os incentivos, exceto seis setores: Simples Nacional; entidades filantrópicas; programas de desenvolvimento do Norte, Nordeste e Centro-Oeste; Zona Franca de Manaus; produtos da cesta básica; e bolsas de estudo (ProUni e Fies).
Marcelo Ramos disse ainda que a comissão vai trabalhar por dez sessões para apresentação e votação do relatório e depois o texto segue para o Plenário da Câmara.

Comentários com Facebook

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Jussara Melo
Carregar Mais Em Política

Leia Também

Em cercadinho Bolsonaro afirma que tá “louco para entregar isso aqui (a presidência) pra alguém”

Às vésperas de se filiar a um novo partido político, o presidente Jair Bolsonaro faz misté…