Home Notícias Brasil Qual o melhor parto para o seu filho? Saiba mais

Qual o melhor parto para o seu filho? Saiba mais

2 minutos lido
36

Parto cesárea, fórceps, humanizado, de Lótus, normal. Alberto Guimarães, ginecologista, obstetra, defensor dos conceitos de Parto Humanizado pode lhe ajudar a decidir como será o nascimento do bebê.

Foto: Divulgação

Parto Cesárea
É indicado para uma gestante que está em trabalho de parto e precisa se submeter ao método por causa de alguma complicação. De maneira suave e tranquila por incisão no útero, acontece a exteriorização da cabeça e, depois, a retirada do restante do corpo do bebê. “O que precisamos ressaltar é que esse útero, fora de trabalho de parto, não está se contraindo naturalmente e, portanto, a saída do bebê não é algo automático. Então, não é algo tão fisiológico assim como no parto normal”, aponta.

Parto Fórceps
Ferramenta cirúrgica semelhante a uma colher, é utilizada para ajudar no trabalho de parto normal, mas que a criança não consegue nascer espontaneamente.

Parto humanizado
Não está relacionado a uma técnica, mas sim a uma circunstância quando a mulher tem o controle da situação e as suas decisões são respeitadas e levadas em consideração. Neste caso, entende-se que a ação é um ato fisiológico e natural da humanidade, independentemente do local. Além disso, para auxiliar a gestante com o máximo de conforto, é possível utilizar banheiras, bolas de pilates e exercícios para facilitar o nascimento do bebê.

Parto de Lótus
Após o nascimento, o bebê se mantém ligado à placenta pelo cordão umbilical até que haja descolamento ou queda natural. Algumas gestantes adotam este método por acreditarem nos benefícios espirituais. “Sem dúvidas, esta espera de ligadura tardia do cordão é muito importante e traz inúmeras vantagens ao bebê: o sangue continuará levando oxigênio, ferro, nutrientes e hormônios e, por isso, não há motivos para se fazer o seu corte tão rapidamente. A equipe médica pode esperar a parada da pulsação para realizar o corte do cordão”, diz Guimarães.

Parto Normal
Refere-se ao nascimento por via vaginal. Neste procedimento, o bebê tem uma chance maior de nascer maduro, e com um pulmão funcionando melhor. Também está mais propenso a ser amamentado logo ao nascer. Além disso, cortar o cordão umbilical na hora adequada possibilita que uma quantidade de sangue da placenta passe para o bebê permitindo que ele tenha menos chance de ter uma anemia na fase inicial. “Para a mãe, há uma grande possibilidade de ter menos sangramento, menos infecção e, ainda, não compromete o útero em uma futura gravidez. A recuperação costuma ser mais rápida e eficaz”, finaliza.

Alberto Guimarães
Formado pela Faculdade de Medicina de Teresópolis (RJ) e mestre pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), o médico atualmente encabeça a difusão do “Parto Sem Medo”, novo modelo de assistência à parturiente que realça o parto natural como um evento de máxima feminilidade, onde a mulher e o bebê devem ser os protagonistas. Atuou no cargo de gerente médico para humanização do parto e nascimento do Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim, CEJAM, em maternidades municipais de São Paulo e na Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Site: https://www.partosemmedo.com.br/

Fonte: Assessoria de Comunicação

Redes Sociais:
Instagram: @partosemmedo
https://www.instagram.com/partosemmedo/
Facebook: @partosemmedo
https://www.facebook.com/partosemmedo/

Equipe Contato Comunicação & Marketing
Tel.: (11) 3251-2359 / 3288-7108
Whatsapp Redação: (11) 9.4565-9078
[email protected]

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Brasil

Leia Também

Enteado de 11 anos, de ator de “Teste de Fidelidade”, cai de prédio

Lorenzo, de 11 anos, que morreu na última sexta-feira (18) ao cair do apartamento em que m…