Home Notícias Brasil Recém-nascido é abandonado em caixa de papelão

Recém-nascido é abandonado em caixa de papelão

2 minutos o tempo de leitura
45

Foto: Ilustrativa

Um bebê recém-nascido foi encontrado abandonado em uma caixa de papelão na manhã desta quinta-feira (03), na cidade de Arapiraca, no Agreste alagoano. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital local.

A criança do sexo masculino é prematura e pesa apenas 730 gramas. Ela foi encontrada, ainda com o cordão umbilical, no povoado Capim, zona rural do município, por uma mulher que ia para o trabalho e, ao notar do que se tratava, de imediato, a levou até a unidade hospitalar. A mãe ainda não foi localizada.

O Conselho Tutelar foi acionado pela equipe de assistência social do hospital e declarou que o Ministério Público e o Juizado de Menores também foram avisados sobre o caso.

Caso a pessoa que abandonou a criança seja identificada, a Polícia Civil deverá ser acionada para investigar a situação, que pode configurar crime de abandono de incapaz. Já a criança, deverá ser encaminhada para um abrigo após receber alta hospitalar.

O hospital confirmou em nota oficial que o bebê está em observação, com todos os cuidados da equipe da Unidade Terapia Intensiva Infantil.

COMUNICADO

O Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho informa que na manhã desta quinta-feira, 03, chegou à emergência desta instituição um bebê prematuro, pesando apenas 730 gramas, que foi trazido por uma mulher, de identidade preservada, que afirmou tê-lo encontrado numa caixa, no povoado Capim, zona rural de Arapiraca. A criança estava ainda com o cordão umbilical.

Imediatamente a criança foi socorrida pela equipe da UTI Neo Natal, precisando ser entubada e medicada, pois a mesma já apresentava sintomas de hipotermia.

A equipe do Serviço Social do Hospital Regional entrou em contato com o Conselho Tutelar de Arapiraca – Região 1, que veio ao local para levantar mais informações sobre o bebê e o ocorrido, ficando sob responsabilidade do mesmo todas as apurações e medidas sociais e legais de proteção ao recém nascido e informações sobre o ocorrido.

No momento, a criança, que é de sexo masculino, se encontra em estado de observação com todos os cuidados da equipe da Unidade de Terapia Infantil. Novas informações serão repassadas conforme orientação médica e da equipe de Serviço Social.<\em>

Assessoria de Imprensa do Hospital Regional

Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Alessandro Nuñes
Carregar Mais Em Brasil

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Cantora ativista é praticamente enterrada em um lixão e irmão fica revoltado!

Uma denúncia divulgou as condições precárias dos cemitérios públicos municipais de Cuiabá …