Sangue na casa de Alejandro foi limpo por irmã porque cachorrinha estava lambendo, declarou defesa

14244

Na manhã desta terça-feira (22/10) Paola Molina Valeiko, filha da primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko, compareceu na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para prestar depoimento sobre a morte do engenheiro Flávio Rodrigues, encontrado morto com 6 facadas no dia 30 de setembro em um terreno no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

Paola teria limpado o sangue na casa de Alejandro porque cachorrinha estava lambendo – Imagem: Divulgação

A irmã de Alejandro Valeiko (preso suspeito de participação no crime) chegou sob forte esquema de segurança, acompanhada por dois advogados, entre eles Félix Valois. Na ocasião, ela não quis falar com a imprensa.

Paola foi uma das primeiras pessoas a chegar no condomínio Passaredo, local onde teria acontecido o crime. Elisabeth Valeiko, afirmou em entrevista que a filha chegou a limpar o sangue que estava na casa de Alejandro. Versão essa confirmada pelo advogado de defesa de Paola, Yuri Dantas.

Todos que estiveram no local do crime, assim como a primeira-dama e o Igor, disseram que ela (Paola) com a ajuda de um lenço molhado, limpou algumas gotas de sangue porque a Hana, que é o bichinho de estimação do Alejandro (a cachorrinha) tava lambendo esse sangue, então o Igor segura a cachorra enquanto a Paola limpa esses pingos de sangue que estavam no chão…“, declarou o advogado de defesa, Yuri Dantas.

Na última segunda-feira (21/10), Elisabeth Valeiko prestou depoimento por mais de duas horas na sede da DEHS.

Confira o vídeo da declaração do advogado de defesa:

Comentários