Sargento da PM, que teve reconstrução maxilar na Fundação Hospital Adriano Jorge, recebe alta

331

A equipe de cirurgiões da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), unidade de saúde vinculada à Secretaria de Saúde do Governo do Amazonas (Susam), liberou, nesta terça-feira (02/07), em alta cirúrgica, o paciente, A.G., servidor público da área de segurança pública, que foi vítima de ferimento em face por arma de fogo, afetando diretamente a mandíbula direita, no dia 22 de abril. O servidor público foi o primeiro paciente de Reconstrução Mandibular com Retalho Microcirúrgico da Fíbula.

A cirurgia, inédita, nunca havia sido feita antes na região Norte, pois consistiu em transplantar retalho microcirúrgico da fíbula do paciente – osso da perna, antigo perônio, ao lado da tíbia (canela), pela parte externa. Para a realização da cirurgia, duas equipes atuaram no centro cirúrgico ao mesmo tempo: a de especialistas do Serviço de Residência Médica em Cirurgia Bucomaxilofacial da FHAJ, coordenada pelo cirurgião dentista Francisco Amadis, e a equipe de Microcirurgia Reconstrutiva, liderada pelo cirurgião plástico Gustavo Cabrera.

Sargento da PM, que teve reconstrução maxilar na Fundação Hospital Adriano Jorge, recebe alta
Sargento da PM, que teve reconstrução maxilar na Fundação Hospital Adriano Jorge, recebe alta

Amadis relatou que em duas semanas o paciente deverá retirar a Gastrostomia (GTT) e iniciar alimentação regular. “Ao mesmo tempo, já está liberado para realizar fisioterapia e fonoterapia”, destacou Amadis. “Em um segundo momento, o paciente deverá ser encaminhado para reabilitação oral, ou seja, implantes dentários”, destacou o especialista.

Para se ter ideia da complexidade cirúrgica, a mandíbula atua em 22 músculos, sendo 12 músculos da mímica facial, 4 músculos da mastigação, 4 músculos da mastigação em dupla, 4 músculos supra hióideo e 4 músculos infra hioideo.

A diretora-presidente da FHAJ, Christianny Sena, destacou que a Fundação tem excelência profissional. “Temos equipes totalmente comprometidas com o hospital. Todos os dias trabalhamos para ofertar saúde de qualidade, visando ampliar a oferta de procedimentos de alta complexidade, na rede pública local”, relatou a diretora. “Da entrada ao hospital à saída, foram envolvidos cerca de 45 profissionais em saúde somente neste paciente, durante o período de internação”.

Sargento da PM, que teve reconstrução maxilar na Fundação Hospital Adriano Jorge, recebe alta
Sargento da PM, que teve reconstrução maxilar na Fundação Hospital Adriano Jorge, recebe alta

A Fundação Hospital Adriano Jorge é referência para atendimento de média e alta complexidades a pacientes oriundos dos Prontos-Socorros da capital, interior do Amazonas e demais unidades de saúde da rede estadual. Tem como finalidade a assistência à saúde, ao ensino e à pesquisa.

Comentários