Home Notícias Amazonas Seis crianças e seis adultos da mesma família desaparecem em naufrágio, no Amazonas

Seis crianças e seis adultos da mesma família desaparecem em naufrágio, no Amazonas

1 minutos tu consegue ler tudo sem se agoniar
392

Na manhã desta quinta-feira, 13, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) informou que mergulhadores foram enviados ao município de Nova Olinda do Norte, a 132 km de Manaus, para iniciar as buscas por seis pessoas que estão desaparecidas após o naufrágio de uma embarcação pequena no Rio Madeira.

Imagem: Divulgação

Os bombeiros foram informados sobre a ocorrência por volta das 17h de quarta-feira, 12, e uma equipe foi acionada para se deslocar até o município.

De acordo com informações da corporação, vizinhos disseram que a embarcação era tipo rabeta e levava três adultos e três crianças, quando naufragou na Comunidade do Laguinho, na calha do Rio Madeira, em Nova Olinda do Norte.

A equipe de mergulhadores se deslocou às 6h desta quinta, na tentativa de resgatar algum sobrevivente.

Segundo informações da Prefeitura de Nova Olinda do Norte, as vítimas atravessavam o Rio Madeira na região do “Laguinho” e estavam sem coletes salva vidas, além disso, ventava muito no momento do acidente e o banzeiro estava forte, o que pode ter sido a causa do naufrágio.

De acordo com a Defesa Civil do município, um avião planador vai ajudar nas buscas da família, mas com a forte correnteza e a chuva que caiu durante a noite e madrugada no local, fica mais difícil.

Os desaparecidos foram identificados como:

Adultos

Arivaldo da Silva Lima, 65
Gracineide Pinto de Lima, 60
Benedita Pinto de Lima, 33

Crianças

Ágata Manuela de Lima Farias, 4 anos
Wiliam Levi Muniz de Lima, 3 anos
Gleiciane da Costa Lima, 8 anos

Comentários com Facebook

Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Jussara Melo
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Consumo médio de gás natural atinge marca histórica

A alta na média de consumo foi de 5,5% em comparação com o ano anterior. Comentários com F…