Home Notícias Manaus Sem ônibus nas ruas, bandidos incendeiam Executivos e Amarelinhos em Manaus. Confira registro no Armando Mendes e Alvorada

Sem ônibus nas ruas, bandidos incendeiam Executivos e Amarelinhos em Manaus. Confira registro no Armando Mendes e Alvorada

1 minutos lido
487

Desde a madrugada bandidos estão incendiando coisas no Estado do Amazonas. Estão tendo registros desde a madrugada deste domingo (6). Logo nas primeiras horas, o Governo do Amazonas anunciou a criação de um Cômite de Crise através da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Ainda assim, os criminosos não se intimidaram e atearam fogo no início da tarde deste domingo, em um micro-ônibus da empresa Ararabus e em micro-ônibus alternativo, dando sequência ao plano diabólico dos vagabundos de espalhar desordem e caos aos moradores de Manaus.

A onda de ataque está ocorrendo por conta da morte do traficante Erick Batista Costa, vulgo “Dadinho” de 30 anos. Ele foi alvejado a tiros neste sábado, 5, durante confronto com os policias no Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus. De acordo com Secretário de Segurança Pública (SSP-AM), Coronel Louismar Bonates, o crimoso estava ameaçando pessoas com uma pistola nº40. Policias da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) chegaram no local para atender uma ocorrência, quando aconteceu a troca de tiros. O criminoso foi alvejado e em seguida levado ao hospital. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

No Alvorada, o veículo estava estacionado próximo ao um posto de gasolina, a preocupação dos moradores era que o fogo atingisse as bombas de combustíveis. O corpo de Bombeiros já está no local.

Na Zona Leste, um micro-ônibus alternativo, conhecido como amarelinho, também foi incendiado. Veja vídeo abaixo.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Manaus

Leia Também

Manaus diz ‘sim’ à vacina: Mais de 135 mil vacinados contra a COVID-19 no final de semana

Ação de vacinação em pessoas acima de 40 anos iniciou no sábado (12/06) e terminou na tard…