Home Notícias Polícia “Sugar Daddy Fake”: homem fingia ser rico para atrair mulheres e estuprá-las

“Sugar Daddy Fake”: homem fingia ser rico para atrair mulheres e estuprá-las

42 segundos lido
31

Nesta quarta-feira (12), um homem de 45 anos foi preso suspeito de estuprar cerca de sete mulheres após atraí-las em um site de relacionamento. O caso do “Sugar Daddy” fake aconteceu no Distrito Federal.

Conforme informações o tarado usada a plataforma ‘Meu Patrocínio’ e fingia ser milionário para atrair as moças, principalmente as mais jovens. O homem morava com a mãe e era desempregado.

A sua tática era atrair as moças entre idade média de 21 anos, pelo aplicativo com o convite de ir ao motel. Relatos das vítimas dizem que nas primeiras relações tinham consentimento delas, mas depois eram obrigadas a fazer o que não queriam.

O homem também gravava o encontro com as jovens para ameaça-las depois, ele foi preso e responderá pelos crimes de estupro e ameaça.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Alessandro Nuñes
Carregar Mais Em Polícia

Leia Também

Após darem soco e apontarem arma na cara de um aviãozinho, casal é guizado por facção

Mostrando que o crime não compensa e que existe um suposto código de ética, um casal foi c…