Home Regionalismo Turismo Toparia uma aventura no Rio Negro andando de Bike?

Toparia uma aventura no Rio Negro andando de Bike?

2 minutos o tempo de leitura
91

Que tal dar um rolê de bike por cima das águas escuras do Rio Negro? Esse passeio está disponível bem antes da pandemia e está cada vez mais sendo consumido em Manaus. Tratam-se das bicicletas aquáticas ou hidrobikes.

A modalidade chegou em Manaus por meio dos amigos Elter Brito e Carlos Carioca, que tiveram a ideia de investir no ramo de hidrobikes antes da pandemia e criaram a empresa chamada “Igara Hidrobike”, que significa canoa inteiriça, produzida de casca de árvore.

Entre as principais vantagens desse modal de turismo ecológico, está o contato com paisagens vistas de uma forma totalmente inédita pelos seus olhos, além, claro de atividade física e alívio mental!

De acordo com o empresário Elter Brito, o esporte de aventura sempre foi uma paixão em sua vida. O motivo? Todos têm uma conexão com a natureza. “Gosto de escalada, trekking e montanhismo. Digamos que é a minha válvula de escape da correria do dia a dia. Então, comecei a olhar para o Rio Negro como uma alternativa para se aventurar”, destacou.

Atividades como caiaque, natação e stand up-paddle, foram cogitados pelo empresário, porém, ao pesquisar sobre os esportes aquáticos, ele chegou na hidrobike. “O equipamento, de certa forma, é simples de usar, daria para praticar por um valor comercialmente viável para as pessoas. Funcionaria como uma fonte de renda e válvula de escape para mim”, explicou Brito.

Modalidade para quem deseja desbravar as estradas aquáticas do Amazonas. Foto: Divulgação

Roteiros

Atualmente, o “Igara Hidrobike” conta com três roteiros distintos. O primeiro é chamado de “Ponte Rio Negro”, que saí do Porto de São Raimundo e vai até a Ponte Rio Negro; o segundo intitulado “Ponta Negra”, parte da Praia da Ponta Negra, passa pelo meio da Ponte Rio Negro e chega ao Porto de São Raimundo; e por último, o roteiro “Encontro das Águas”, que sai do Porto do CEASA, vai até o Encontro das Águas e retorna ao Porto do CEASA.

Os passeios duram entre 2h30 e 3h. Já os preços variam de R$ 100 e R$ 150. Todos os roteiros são pensados para que os participantes contemplem o pôr do sol de Manaus, o que rende ótimas selfies e vídeos.

Toparia uma aventura no Rio Negro andando de Bike?
Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Turismo

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

O maior desafio de águas abertas da região Norte acontece neste Domingo em Manaus!

O maior desafio de águas abertas da região Norte, unindo esporte, natureza, cultura e turi…