Traficantes impedem Campanha de Vacinação contra o Sarampo, em Manaus

116

Na noite da última quarta-feira (18) agentes de saúde que trabalham em uma Campanha de Vacinação Emergencial contra o Sarampo, de casa em casa, foram impedidos de aplicar doses da vacina no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. De acordo com informações, as ruas das Goiabeiras e Carapanauba foram obstruídas pelos traficantes impedindo o acesso dos agentes de imunização até as residências. A varredura vacinal foi comprometida, encerrando antes do horário previsto.

Traficantes impedem Campanha de Vacinação contra o Sarampo, em Manaus - Imagem: Divulgação
Traficantes impedem Campanha de Vacinação contra o Sarampo, em Manaus – Imagem: Divulgação

A Prefeitura de Manaus emitiu nota sobre o fato ocorrido e solicitou do Governo do Estado do Amazonas força policial para seguir na campanha de contra o Sarampo, garantindo assim a imunização.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) afirmou em nota, que o caso será investigado pela Polícia Civil, disse ainda que policiais da Secretaria Executiva Adjunta de Operações, da SSP, foram até área para uma varredura e inspecionar o local.

“A Secretaria ressalta, ainda, que tem intensificado operações policiais no bairro do Jorge Teixeira nos últimos meses, com base em levantamentos do setor de inteligência. A Secretaria pede que a população colabore denunciando essas ações criminosas através do telefone 181. A denúncia é anônima, a ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia”, informou a nota.

O prefeito Artur Neto, deverá acompanhar as equipes de vacinação nas ruas nesta quinta-feira (19/7). Confira a nota da Prefeitura de Manaus na integra:

Nota Oficial – Sobre ocorrência durante vacinação no bairro Jorge Teixeira

Mas eu peço encarecidamente que o governador coloque as forças policiais todas na rua porque realmente é de indignar qualquer um nós imaginarmos que tem uma equipe salvando vidas e ao mesmo tempo arriscando as suas vidas, porque traficantes, gente da pior ordem, da pior laia, do pior caráter, da pior extração; gente desse tipo acha que pode com a força das suas armas impedir que um trabalho benemérito das equipes da Semsa que estão enfrentando o sarampo, que ameaça tantas pessoas, domine a situação.

É com indignação que eu faço essa declaração. É com indignação, é com comoção, e é com a certeza de que o governador tomará as providências mais duras, porque eu estou deixando tudo bem claro. Confio que amanhã nós estaremos acompanhados de força policial para ninguém se atrever a fazer o que hoje aconteceu.

Mas eu, de noite, acompanharei as equipes da Semsa pessoalmente e se os traficantes quiserem fazer alguma coisa, me terão à disposição deles. Mas que nós vamos vacinar, nós vamos vacinar! O povo de Manaus precisa, o povo de Manaus merece”.

ARTHUR VIRGÍLIO NETO
Prefeito de Manaus

Comentários