Home Notícias Política “Um péssimo pedreiro que jamais chegará a mestre de obras” diz Menezes sobre Chico Preto

“Um péssimo pedreiro que jamais chegará a mestre de obras” diz Menezes sobre Chico Preto

2 minutos tu consegue ler tudo sem se agoniar
123

O militar da reserva do Exército Brasileiro e pré-candidato ao Senado Federal pelo Amazonas, coronel Alfredo Menezes, viajou na madrugada desta terça-feira, 14/12, a Brasília acompanhado do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), onde ambos terão uma agenda com o Ministro do Turismo, Gilson Machado, articulado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Na pauta, estará a apresentação dos projetos que a Prefeitura tem para a cidade de Manaus com ênfase na Revitalização do Centro Histórico da capital.

Esta é a segunda agenda que Menezes e David Almeida cumprem em Brasília nos últimos trinta dias. O primeiro foi um encontro com o presidente Bolsonaro e, em seguida, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Na ocasião, David Almeida alinhou com o Governo Federal a liberação de R$ 1,15 bilhão para investimentos em Manaus.

Menezes tem sido o fator de aproximação entre os governos Municipal e Federal, indicando que em 2022 estarão no mesmo palanque com o prefeito apoiando a reeleição do presidente Bolsonaro e a candidatura do coronel para o Senado.

Questionado sobre os ataques feitos por Chico Preto, Menezes foi categórico: “Trata-se de um político profissional que em 25 anos de vida pública não conseguiu produzir nada de útil para a cidade de Manaus e nem para o estado do Amazonas”, disparou.

“Começou compondo o ‘ABC’ de Eduardo Braga. Como não teve êxito com o seu patrão até hoje continua desorientado politicamente, aliás, a única coisa digna de registro que fez foi como vereador ter assinado a favor da homenagem que a Câmara Municipal me prestou ao me conceder a Medalha de Ouro da Cidade de Manaus, quando fui Superintendente da SUFRAMA, como reconhecimento aos meus relevantes serviços prestados e contribuição significativa à sociedade manauara.”, completou Menezes ao destacar, ainda, que este cidadão deve estar a serviço de alguém como sempre esteve durante a sua trajetória política, uma vez que ele será sempre um péssimo pedreiro que jamais chegará a mestre de obras.

Divulgação
Comentários com Facebook

Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Falece mãe de Jair Bolsonaro

Morreu na madrugada desta sexta-feira (21), aos 94 anos, Olinda Bolsonaro, mãe do presiden…