Home Notícias Brasil Uma mulher é filmada praticando racismo pra cima de vendedor de açaí : “Macaco, preto, idiota, ridículo, ET, inútil, pateta”

Uma mulher é filmada praticando racismo pra cima de vendedor de açaí : “Macaco, preto, idiota, ridículo, ET, inútil, pateta”

2 minutos o tempo de leitura
239

Um caso de racismo ganhou as redes sociais nessa quarta-feira após a divulgação de um vídeo no qual uma mulher, com nenhum traço caucasiano, aparece ofedendo de forma pesada um vendedor de açaí na cidade de Taguatinga,  no Distrito Federal. Os insultos raciais aconteceram na última segunda-feira (9), e foram proferidas contra um empresário de uma loja de açaí. De acordo com o dono do estabelecimento, a mulher ficou cerca de 30 minutos na porta do estabelecimento insultando-o. As informações são do portal Metrópoles.

Uma mulher foi filmada ofendendo vendedor de açaí : "Sai da minha terra"
Uma mulher foi filmada ofendendo vendedor de açaí : “Sai da minha terra”

Paulo Vitor Silva Figueiredo, de 22 anos, gravou as falas da cliente e se recusou a preparar o pedido. Ela não queria que o açaí fosse misturado com a banana.

Após o dono de estabelecimento informar que não poderia alterar a receita, a mulher começou os insultos: “macaco preto, idiota, palhaço, ridículo, ET, inútil, pateta”, disparou.

“Ela me viu colocando a banana no açaí para bater e falou que não queria com banana. Eu expliquei que a nossa receita é fechada já, que é o açaí, banana e xarope”, contou. “Ela não quis aceitar, não queria que eu batesse com banana, porque ela estava exigindo. Eu falei: ‘Moça, não tem como, minha receita é essa’. Aí ela falou: ‘Então vamos resolver na delegacia’. Pensei que ela iria chamar o Procon, algo assim, mas ela começou a me xingar, atacar: ‘Macaco, preto’”, completou.

O empresário afirma que nunca havia passado por uma situação assim. Ele também afirma que a cliente “tem o histórico de ser alguém que causa muitos problemas” no comércio onde fica sua loja.

“Depois, ainda chegou uma cliente nossa e perguntou o que estava acontecendo. Aí, ela começou a agredir verbalmente essa moça e continuou: ‘Macaco, preto, alienígena’. Isso começou umas 20h e ela ficou lá até 20h30 xingando”, relatou.

Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Brasil

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Vivências e experiências no setor de patrimônio cultural foram os temas debatidos por arqueólogo

Vivências e experiências no setor de patrimônio cultural foram os temas debatidos por arqu…