URGENTE: Justiça concede prisão domiciliar ao enteado do Prefeito de Manaus, Artur Neto

218

Na noite deste sábado, após os advogados de Alejandro Molina Valeiko, Marco Aurélio Choy e Yuri Dantas, entrarem com pedido de Habeas Corpus junto a Justiça do Amazonas solicitando a suspensão do pedido de prisão temporária para o filho da primeira dama de Manaus, Elisabeth Valeiko, a Desembargadora Plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas, Dra. Joana dos Santos Meireles, concedeu PRISÃO DOMICILIAR ao enteado do Prefeito de Manaus, Artur Neto.

Os advogados alegam que Alejandro tem necessidade de internação psiquiátrica e atualmente está em tratamento em uma clínica especializada no Rio de Janeiro sob responsabilidade do médico Olavo de Campos Pinto Júnior e segue com acompanhamento exclusivo 24h por dia.

A defesa destaca ainda que Alejandro apresenta de forma recorrente surtos psicóticos com paranoia, impulsividade e oscilações de humor e que sua ida a cadeia em nada contribuiria para o andamento do processo criminal que investiga a morte do engenheiro da Ambev, Flávio Rodrigues.

Desembargadora Joana Meirelles concede prisão domiciliar ao enteado do Prefeito de Manaus, Artur Neto – Imagem: Divulgação

No documento atendido pela desembargadora, os advogados pediram a conversão da prisão temporária em prisão domiciliar alegando que sem o devido tratamento Alejandro corre risco de morte.

Justiça concede prisão domiciliar ao enteado do Prefeito de Manaus, Artur Neto – Imagem: Divulgação

 

Comentários