Home Notícias Brasil Vasco lança camisa em homenagem à causa LGBTQIA+ e esgota em menos de uma hora

Vasco lança camisa em homenagem à causa LGBTQIA+ e esgota em menos de uma hora

3 minutos tu consegue ler tudo sem se agoniar
218

Produzida em homenagem à causa LGBTQIA+, a camisa do Vasco com as cores do arco-íris, símbolo do movimento, foi um sucesso de vendas. Disponibilizada para compra neste domingo, 27, véspera do ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, o item esgotou em menos de uma hora após o lançamento.

No site, quem deseja adquirir o uniforme encontra a mensagem informando a falta de disponibilidade já em todos os tamanhos.

O Vasco lançou neste domingo um manifesto contra a homofobia e transfobia no esporte brasileiro. Na carta (leia a íntegra ao fim), o cruz-maltino convida clubes, atletas, torcedores, dirigentes, federações e sociedade para um compromisso conjunto.

O cruz-maltino também terá outras ações, como o mosaico com a palavra respeito nas arquibancadas de São Januário.

“Movimento contra a homofobia e transfobia no esporte brasileiro

O mundo dos esportes não é um espaço que aceite as mudanças com facilidade e leveza. Pudera: o esporte é um reflexo da sociedade que o rodeia e, portanto, reproduz seus estereótipos e práticas, seus valores e preconceitos. Reproduz, enfim, sua inércia.

Mesmo assim, a sociedade muda. E, como reflexo da sociedade em transformação, o futebol também não se mantém imune às suas mudanças. Mas o esporte tem o dever de ir além: o futebol, particularmente, é uma inspiração comum a diversas gerações e deve fazer parte das transformações sociais, rumo a uma sociedade melhor e mais justa.

A homofobia e a transfobia são alguns dos mais graves problemas do nosso tempo e o esporte ainda é, infelizmente, um de seus espaços de mais forte reprodução. O Vasco da Gama assume para si a responsabilidade de se posicionar diante do tema, sem defender aquilo que é cômodo, mas sim aquilo que é correto. O clube será um parceiro daqueles que lutam contra o preconceito relacionado à orientação sexual ou à identidade de gênero de quem quer que seja.

Estamos conscientes de que uma parte das mudanças acontece dentro de nossos próprios muros. Mas estamos dispostos a nos engajar na construção de um Vasco melhor, que reflita o mundo que queremos ver para o futuro próximo: com respeito e dignidade, independentemente de orientação sexual ou identidade de gênero.

Ser parte da mudança — e não do problema — não é simples, já que exige uma mudança de nós mesmos. O Vasco convida clubes, atletas, torcedores, dirigentes, federações e sociedade para um compromisso conjunto de debate acerca da homofobia e da transfobia.

O Vasco de 1923 não aceitou o racismo, naturalizado no século anterior. O Vasco do século XXI se nega a aceitar a homofobia e a transfobia que marcaram o século XX.

Mudemos juntos. O caminho é longo, mas o Vasco dará tantos passos quantos forem necessários neste debate, indispensável ao mundo atual.

Independente da sua orientação sexual ou identidade de gênero, somos todos iguais. O Vasco da Gama nasceu como o time de todos e continuará sendo”.

O estádio receberá dois jogos: às 16h, o Fluminense recebe o Corinthians pela Série A do Brasileiro; mais tarde, às 21h, o Vasco recebe o Brusque, pela Série B.

Vasco vence o Brusque por 2×1, em um dia histórico e com um gesto histórico! QUE ORGULHO SER! Símbolo de raivaCoração vermelhoPunho levantadoArco-íris
Câmera com flash Rafael Ribeiro/Vasco

Comentários com Facebook

Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Brasil
Comentários Fechados

Espia Esse Aqui

Pesquisa investiga por que algumas pessoas são resistentes ao coronavírus

Uma pesquisa desenvolvida por um consórcio internacional de cientistas, o COVID Human Gene…