Home Notícias Polícia Vídeo mostra rapaz minutos antes de ser morto por membros do Comando Vermelho

Vídeo mostra rapaz minutos antes de ser morto por membros do Comando Vermelho

2 minutos lido
4,657

Vídeo que circula nas redes sociais mostra minutos antes de Wanderson Costa Pacheco, 22, ser morto a tiros por dois homens em Juruena (880 km ao Noroeste de Cuiabá). Os suspeitos, que já foram presos, são integrantes do Comando Vermelho atuante no Noroeste de Mato Grosso e durante o crime, pedem à vítima ‘pedir desculpa à família’, termo usado pela facção.

Nas imagens, Wanderson aparece sentado às margens de uma estrada de terra, na zona rural da cidade. Um dos suspeitos filma e o outro concretiza o crime, mas antes, o questiona: “você pede perdão à família?”, diz. “Fala, família, me perdoa. Não fala nome. Se levantar eu atiro”, continua o suspeito enquanto a vítima aparece agoniada e pedindo para não atirar.
>
“Você não vai atirar em mim não, né? Eu não fiz nada errado”, questiona Wanderson, e o assassino responde “não. Essa é a humilhação do senhor, melhor isso que um tiro na cara”. Vítima ainda pede para eles desligarem a câmera, mas o suspeito fala que não vai.

Diz ainda que primeiro vai gravar e que depois eles conversam e diz que ‘não vou atirar no senhor, não’. Vítima insiste para ele abaixar a arma, o suspeito perde a paciência e diz: vou atirar nesse cara e dispara 6 tiros contra a vítima.

O corpo de Wanderson só foi encontrado nas primeiras horas de segunda-feira (27), por um trabalhador que utilizou a estrada para cortar caminho.

Quando chegou na porteira, visualizou o corpo caído de bruços com 3 marcas de tiros, um na região dorsal e duas no pescoço. Polícia foi acionada e iniciaram as investigações do crime.

</a

Faccionados presos

Em diligências, a vítima foi identificada e logo os investigadores descobriram que no domingo, ele foi visto com duas pessoas. Além disso, receberam uma denúncia anônima informando o local onde os suspeitos moravam. Câmeras de segurança de um banco mostram o momento em que o trio passa pelo local antes do crime.

Polícia se preparava para ir atrás da dupla quando recebeu o vídeo da execução do crime, usado como prova para realizar o flagrante dos autores do homicídio. Eles foram encontrados na porta de uma quitinete tomando cerveja.

Quando abordados, fixaram alterados e foi necessário o uso de força moderada. Elias Carvalho dos Santos, 19, e Wildisnei Ferreira de Freitas, 29, confirmaram a autoria do crime a mando da ‘família’ Comando Vermelho.

Durante o ato de prisão, foi descoberto que o rapaz que filma o crime é Elias. Já Wildisnei foi responsável pelos 6 tiros. A roupa usada por ele, flagrada nas imagens, foi apreendida em sua casa. Eles foram levados para a Delegacia de Juruena.

Veja o vídeo

 

 

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Jussara Melo
Carregar Mais Em Polícia

Leia Também

Após darem soco e apontarem arma na cara de um aviãozinho, casal é guizado por facção

Mostrando que o crime não compensa e que existe um suposto código de ética, um casal foi c…