Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, sábado, 26 de novembro de 2022

Famosos e TV

Whindersson Nunes desabafou sobre a luta contra o vício em drogas e seus momentos de tensão ao lado de Luísa

Publicado

no

O humorista, Whindersson Nunes, lançou recentemente o livro “Vivendo Como Um Guerreiro“, onde fala sobre vários momentos da vida dele. Incluindo o relacionamento com Luísa Sonza, o início e também término. Porém dessa vez ele e resolveu falar abertamente sobre o seu uso abusivo de drogas. De acordo com as informações do próprio humorista, seu consumo de ilícitos aumentou ainda mais após a separação.

“Penso na vida que tantas vezes escapuliu de mim pela complexidade que é a minha vida. Como eu nunca escondi nada do que vivi, do que sofri, houve um período muito duro da minha vida em que eu não conseguia ficar sem as drogas”, disse.

“Teve um mês, quando o relacionamento com a Luísa terminou, que eu fiquei sem chão. A Luísa era uma menina que tinha muitas dúvidas na vida. Eu me via um pouco nela. Eu via que ela tinha futuro e, ao mesmo tempo, achava que ela precisava de ajuda”, comentou.

“Eu também precisei de ajuda e não tive ninguém que me ensinasse como eu deveria fazer. Eu me via na obrigação de fazer por ela o que ninguém fez por mim. E, então, eu fazia tudo”, contou.

Publicidade

WHINDERSSON NUNES DIZ QUE JÁ FAZIA USO DE ENTORPECENTES

Whindersson admitiu que fazia uso de entorpecentes desde 2017. “Eu a conheci em 2017. No dia em que eu encontrei a Luísa, eu estava virado de droga, não estava bem, estava em busca do que eu não sabia. Eu vinha de outro término, enfim, essa área da vida eu não domino mesmo, como podem perceber”, afirmou.

“Quando a vi, pela primeira vez, eu a vi no efeito da droga. Eu a vi meio que brilhando. Foi o começo de uma viagem. Uma viagem de alguém que tem um instinto de professor. Eu queria passar tudo para ela. Eu queria que ela desse certo na vida”, continuou.

HUMORISTA COGITOU INTERNAÇÃO PARA RECEBER TRATAMENTO

Segundo Whindersson, ele cogitou uma internação para conseguir se livrar das drogas. “Quando acabou com a Luísa, eu também tive o meu penhasco”, escreveu, em uma clara referência à música “Penhasco”, de Luísa, que seria sobre o fim do relacionamento.

Publicidade

“Minha viagem com a Luísa durou 4 anos. Ela me ajudou com a minha autoestima. Eu não me achava um homem interessante, um cara bonito. Isso pode não parecer muita coisa, mas para um alguém como eu, que algumas pessoas dizem que as mulheres estão comigo porque eu sou famoso e tenho dinheiro…”, avaliou.

“O olhar dela fazia com que eu acreditasse que, de fato, eu era interessante, eu era legal. E, nisso, ela foi minha professora. E eu sou grato. Até hoje eu tenho uma confiança que ela fez brotar em mim. Nós viajamos muito juntos, conhecemos juntos o mundo e os nossos mundos internos”, declarou.

Whindersson Nunes

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Mulher...mãe....apaixonada....webwriter e sócia proprietária do Portal No Amazonas é Assim...E minha história continua ❤

Asfalta Amazonas

Alfabetiza Manaus: erradicar o analfabetismo é o nosso desafio

Alfabetiza Manaus: erradicar o analfabetismo é o nosso desafio

Homem de atitude se cuida o ano inteiro

Homem de atitude se cuida o ano inteiro

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Falando de Contas

Programa do TCE-AM

Facebook

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Tribunal de Contas do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações