Home Notícias Polícia Mulher aceita carona na saída de bar e acaba sendo estuprada

Mulher aceita carona na saída de bar e acaba sendo estuprada

1 minutos lido
269

Uma mulher de 32 anos foi estuprada por um rapaz chamado Fábio após aceitar uma carona. O caso ocorreu por volta das 3h de domingo (13), no bairro Jardim Paula I, em Várzea Grande.

Durante a violência sexual, o agressor, mandava a vítima gritar. Depois do crime, o bandido fugiu.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima relatou que estava no Bar Avião, localizado no bairro Ipase, e lá ingeriu bebida alcoólica com uma amiga. Lá, combinou de ir para outro bar com outras pessoas que estavam no estabelecimento.

Ao deixar o estabelecimento, a vítima estava andando por uma rua quando foi abordada por um homem em uma caminhonete D20. Ao se aproximar da mulher, o estuprador disse: “Oi. Lembra de mim? Sou eu, Fábio”.

Depois de se apresentar, o homem perguntou para onde a vítima estava indo e ela informou que ia para o bar do Tião. Logo depois, o criminoso disse: “então entra, eu também vou para lá”. A mulher aceitou o convite e entrou no veículo.

No percurso, o agressor perguntou se a vítima tinha cigarro e ela respondeu que não. Diante disso, o homem disse que iria levá-la até um posto de combustível, localizado no bairro Jardim Glória.

Imediatamente, a vítima disse que não queira ir e pediu para que ele a deixasse no bar do Tião. O agressor, em um primeiro momento, acatou o pedido da mulher, mas durante o trajeto o bandido ordenou: “fica quieta e faça tudo que eu mandar, porque se você não fizer te dou um tiro com a minha pistola”.

Logo depois, o homem puxou a vítima e a obrigou a praticar sexo oral e depois manteve conjunção carnal com ela. Durante as agressões, o bandido ordenou que a mesma gritasse.

Após o ato, a vítima fugiu pela mata e o criminoso foi atrás dela com uma chave roda, tentando agredi-la. Eles entraram em luta corporal, mas ela conseguiu se desvencilhar do homem.

Na sequência, ela viu três pessoas e pediu socorro. As testemunhas rapidamente chamaram uma equipe da Guarda Municipal que foi ao local. Os agentes encontraram a bolsa mulher, mas o celular dela ficou com o suspeito.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Polícia

Leia Também

Homem é executado na estrada do turismo

Na tarde desta terça-feira (11), um homem identificado apenas como Leandro, vulgo “Pamonhe…