Home Notícias Polícia Mulher é morta, desmembrada e cozinhada pelo companheiro, que descobriu que ela era transexual

Mulher é morta, desmembrada e cozinhada pelo companheiro, que descobriu que ela era transexual

1 minutos o tempo de leitura
3,149

Uma mulher transexual russa, identificada como Nina Surgutskaya foi brutalmente assassinada e teve o corpo desmembrado e “cozinhado” em casa. O crime aconteceu em Kursk, cidade da Rússia. O médico Mikhail Tikhonov, o agressor, confessou o crime à polícia, dando todos os detalhes do crime.

Segundo informações , o motivo do assassinato foi o fato dele descobrir durante o ato sexual que ela era transexual. Os dois saíram à noite e, logo depois, foram para o apartamento dele. Na hora do sexo, Mikhail descobriu que a mulher teria mudado de sexo e começou estrangula-la. Para encobrir o crime, desmembrou o corpo e deu descarga em outras partes e levou outras ao forno para tirar o excesso de líquido.

A polícia prendeu o médico ao encontrar partes do corpo em uma lixeira. Ele foi preso acusado de homicídio e mutilação. Se condenado pela leis da Rússia, ele pode pegar mais de 20 anos de prisão

Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Alessandro Nuñes
Carregar Mais Em Polícia
Comentários Fechados

Espia Esse Aqui

Entenda o caso do Assalto ao Ônibus que viralizou após as negociações dos bandidos não quererem morrer

Na noite da última sexta-feira (13) uma grande ação criminosa marcou a Grande Belém. Nela,…