Ações que ajudam a prospectar clientes no ramo advocatício

217

Assim como qualquer negócio, um escritório de advocacia só pode subsistir se tiver clientes. Portanto, a atividade de prospecção não deve ser negligenciada. Muitos advogados, porém, têm dificuldades na tarefa de buscar clientes, já que essa não é uma habilidade normalmente desenvolvida na formação de um profissional do Direito.

Em termos gerais, a qualidade no atendimento e o profissionalismo são fatores essenciais para quem deseja atrair novos clientes e fidelizar os que já fazem parte do portfólio. Porém, adotar algumas estratégias pode auxiliar nesse desafio.

Seguem algumas dicas fundamentais:

Aproveitar a rede de contatos atual

O boca a boca ainda é a melhor propaganda que se pode ter. Ser bem referenciado por pessoas com quem se lida diretamente é fundamental no caminho para o sucesso. Por isso, contar com a indicação facilita muito o processo de prospecção. É uma garantia a mais para o prospecto, um selo de confiança. Portanto, é inteligente fazer abordagens junto à rede de contatos existente no sentido de torná-la uma ponte com outras pessoas que necessitam dos serviços oferecidos pelo escritório.

Porém, para contar com esse voto de confiança, é preciso cultivar um excelente atendimento junto aos clientes. Negligenciar os contratantes atuais durante a busca por novos é um “verdadeiro tiro no pé”: além de desperdiçar uma possibilidade de propaganda espontânea, pode-se perder o que já se tem.

Otimizar a gestão do tempo

Muitos profissionais, diante da rotina atribulada, não conseguem destinar tempo às tarefas mais estratégicas para a empresa, como a prospecção de clientes. A saída é lançar mão de medidas que melhorem a produtividade. Uma forma de fazê-lo é buscando entender quais demandas tomam mais tempo para executar e encontrar formas de otimizá-las.

Nesse cenário, a incorporação de recursos tecnológicos pode fazer a diferença. Tarefas mecânicas e repetitivas certamente podem ser automatizadas com a ajuda de um software jurídico. O mercado já dispõe de muitas opções nesse sentido. O gestor deve optar por aquela que melhor se encaixe às características do escritório. Assim, a equipe conseguirá tempo para se dedicar às atividades mais relevantes para o sucesso do negócio.

Fazer um trabalho de qualidade nas redes sociais

As redes sociais são ferramentas poderosas para a prospecção. Porém, não basta criar um perfil nessas redes. O trabalho deve ser feito de forma criteriosa e embasada.

Uma dica para quem deseja atrair clientes com as redes sociais é produzir bons conteúdos em sua área de atuação. Um conteúdo de qualidade extrapola as barreiras geográficas e, por meio do marketing jurídico digital, é possível alcançar pessoas em todo o país.

A mensagem de apresentação do advogado deve ser bem elaborada. É preciso tomar cuidado para não falar excessivamente de si – do currículo, clientes, prêmios recebidos. O que importa é falar do prospecto, demonstrar que entende suas necessidades e dificuldades, destacar como ele poderia se beneficiar ao contratar o escritório.

Ser uma referência na área de atuação

Posicionar-se como um especialista em sua área de atuação é muito importante. Além de, como foi abordado, dedicar-se a  produzir conteúdos relevantes, fazer networking e estar presente em eventos relacionados à área são estratégias que naturalmente destacam o escritório (ou advogado) como uma referência no cenário.

Buscar qualificação

O bom advogado deve estar sempre bem atualizado. Por isso, a busca frequente por qualificação e informação é altamente recomendável.

Há na Internet sites com ótimos conteúdos produzidos especialmente para a área jurídica. Por meio deles, é possível se atualizar acerca dos mais diversos temas de interesse. O Portal Futuro da Advocacia conta com uma trilha de conteúdos tratando especificamente do tema “Aquisição de Clientes” no qual aborda técnicas para conquistar mais e melhores clientes. Vale a pena conferir.

Ações que ajudam a prospectar clientes no ramo advocatício

Comentários