Prefeito Normando, de Tefé, inaugura a maior feira municipal do interior do Amazonas

211

No último sábado (24), a cidade de Tefé, distante 523 km da capital, ganhou seu mais novo cartão postal pelas mãos do prefeito Normando Bessa de Sá (PMN) e do vice-prefeito Jean Robson (PT), a Feira Municipal Eduardo Nunes de Sá.

O projeto dessa linda e moderna feira municipal, foi iniciado em 2015, inclusive contou com a emenda parlamentar do então deputado federal Marcos Rotta (PSDB), porém, o ex-prefeito de Tefé não conseguiu gerenciar os recursos e se quer tirou a feira do chão, apenas espalhou alguns outdoors e panfletos pela cidade anunciando a construção da Feira e ficou por isso mesmo. Até hoje essas informações estão na internet para que possam atestar a veracidade.

Conforme o informativo, a foto em destaque de uma maquete ilustra a “mais bonita feira do Amazonas”, anunciada pelo ex-prefeito.

33 meses de gestão séria foram suficientes para entregar à população tefeense esta nova obra que se soma ao complexo arquitetônico que está sendo construído na orla de Tefé na atual gestão, que já contava com o Mirante das Mangueiras, o Espaço Gastronômico próximo ao Paço Municipal, o Porto Municipal de Tefé e agora a Feira Municipal que beneficia centenas de famílias diretamente. A expectativa é que 5 mil pessoas passem pela feira por dia.

“Mudança significativa. A ordem sendo estabelecida inicialmente, agora é progresso. Muito grato por confiar em nosso trabalho.” declarou o prefeito Normando Bessa de Sá em suas redes sociais após ver a imagem do antes e depois da Feira Municipal.

Através da Feira Municipal que foi entregue neste sábado, os produtores e empreendedores tefeenses terão mais dignidade para expor e vender os seus produtores. O local oferta 195 áreas tipo “box”, divididos em 2 andares, dos quais tem comércio varejista, embeleze, artesanato, plantas ornamentais, gêneros alimentícios, produtos agrícolas e hortifrutigranjeiros, secos e molhados e produtos afins da agricultura.

Feira Municipal e  o porto Municipal de Tefé, antes e depois do Normando Bessa de Sá
Feira Municipal e o porto Municipal de Tefé, antes e depois do Normando Bessa de Sá

Emocionado, o vice-prefeito de Manaus agradeceu o convite feito pelo prefeito de Tefé e disse que foi a primeira vez que alguém o convidou para uma inauguração. Se surpreendeu também pelo convite, pois mesmo ele não tendo apoiado o prefeito Normando Bessa de Sá e também mesmo o recurso disponibilizado para a feira não ter ocorrido durante a gestão, Normando não o esqueceu. ” Fico lisonjeado pela lembrança e saiba que foi a primeira vez que fui convidado à inauguração de um obra a qual destinei emenda parlamentar em todo o Estado do Amazonas”, em outro momento, Rotta disse ter tido o dissabor de devolver 2 milhões que seriam destinados à construção de uma Creche Municipal por falta de projeto.

O Vereador Chico Preto, que até alguns meses atrás era do mesmo partido do Normando, o parabenizou pelo feito e contou uma parábola sobre ‘avião e ratos’, “Você Normando, é o piloto deste avião chamado Tefé, quanto mais você subir com o avião, mais os ratos morrerão. Então, pra cima sempre“.

Os deputados estaduais Fausto Jr (PV) e Alessandra Campelo (MDB) se comprometeram a destinar 2 milhões de reais em emenda parlamentar à cidade de Tefé, sendo R$500.000,00 por ano ao longo dos próximo 4 anos.

O deputado estadual Carlinhos Bessa (PV) disse sentir orgulho do prefeito Normando, seu irmão, e que brigará a todo instante na Assembleia Legislativa para ser a voz de Tefé na casa, parabenizou também a homenagem ao Eduardo Nunes de Sá, pai de ambos, que foi uma grande voz da comunidade agricultora e pescadora de Tefé e inclusive chegou a se Deputado Estadual do Amazonas.

Normando foi cauteloso em seu discurso e disse que “se é a mais linda, se é a maior, se é a melhor, o tempo e o povo dirá”, agradeceu a oportunidade e disse que fará sempre o seu melhor para trazer dignidade à sua população tefeense.

A Feira Municipal Eduardo Nunes de Sá está localizada na Rua Duque de Caxias, s/n, Centro, Município de Tefé;

Comentários