Home Notícias Manaus Para reurbanização integrada Manaus passará a contar com o Terminal 7, o T7!

Para reurbanização integrada Manaus passará a contar com o Terminal 7, o T7!

4 minutos o tempo de leitura
98

Intervenções urbanas, limpeza e adequações viárias vão compor a reurbanização integrada que será realizada na entrada do Parque São Pedro, no Tarumã, zona Oeste de Manaus, com início na próxima semana. Nesta sexta-feira, 21/1, atendendo determinação do prefeito David Almeida, equipes dos institutos municipais de Planejamento Urbano (Implurb), de Mobilidade Urbana (IMMU) e a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), estiveram na área verificando pontualmente as demandas da comunidade referentes ao trânsito, mobilidade, uso de espaços públicos e infraestrutura.

“Vimos avaliar e dar uma solução conforme determinou o prefeito, saindo com ações programadas pela Seminf, para iniciar a recuperação asfáltica na região, para a Semulsp (Limpeza Urbana) fazer um mutirão e o Implurb desenvolver um projeto para adequar o comércio informal”, comentou o diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique Martins.

Quanto ao trânsito, Paulo Henrique adiantou que serão executados serviços de sinalização em geral, estabelecendo locais de estacionamento, e de revitalização viária. “Existia um retorno que dava acesso ao Parque São Pedro com semáforo para veículos. Mas estava causando muita retenção e congestionamento na avenida Torquato Tapajós. A Engenharia de Tráfego fez estudos e avaliações na área e com a retirada do semáforo houve redução do tempo de viagem e aumento da velocidade média dos veículos. E isso é oportuno agora com a alta de casos de Covid-19, porque quanto menos tempo o usuário permanecer no transporte coletivo, menos exposição possível ao vírus ele terá”, disse o diretor-presidente do IMMU. O semáforo de pedestres continua no local, para que transeuntes façam a travessia com segurança.

Um dos pontos levantados na visita foi a grande quantidade de comércio informal, com ocupação desordenada e irregular em calçadas e canteiros centrais. A proposta é que os comerciantes sejam realocados, possivelmente para uma feira a ser projetada pelo Implurb, com integração da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc).

“É preciso pensar na cidade como um todo e para todos, um verdadeiro tecido urbano, que precisa ser bem cuidado, ter o ambiente preservado, sustentável, de melhor acesso e com potencial econômico. As pessoas querem andar pelas calçadas, não pela rua, correndo o risco. Nosso trabalho será para reordenar esse pequeno caos instalado usando os recursos urbanísticos, liberando os passeios e facilitando o ir e vir das pessoas. Para o próprio comércio é melhor que as pessoas possam caminhar em segurança e fazer suas compras com conforto que na atual condição, desviando de carros, de produtos em logradouros e com o ambiente totalmente ocupado”, explicou o diretor de Planejamento Urbano do Implurb, arquiteto e urbanista Pedro Paulo Cordeiro.

Foto – Divulgação / Implurb

Intervenções

Paulo Henrique lembrou que futuramente a área receberá uma passarela de pedestres e será realizado o alargamento da via. “O prefeito anunciou a construção do novo terminal de integração, o T7, e com isso teremos uma linha troncal para atender as comunidades do entorno. Esse é o início de um amplo projeto de revitalização”, informou.

Ouvindo a comunidade, o vereador Allan Campelo reforçou ser importante o diálogo do poder público e comunitários, como o que ocorreu nesta sexta-feira no parque.

“As resoluções para as necessidades reais estão previstas para curto, médio e longo prazos. Saímos daqui com essa garantia, com a integração de secretarias pelo bem comum. Como vereador da comunidade sou cobrado e cobro a prefeitura, e recebemos resposta. O prefeito David Almeida fará a revitalização e as ações tendem a melhorar o fluxo viário, de pessoas, a qualidade de vida e, consequentemente, valorizar o entorno, os comércios e imóveis”, comentou Campelo.

O parlamentar pediu o apoio da população para evitar a ocupação desordenada, que acaba comprometendo a qualidade de vida urbana. “Vai deixar de ter esse aspecto de favela, de ter gente tratando peixe na rua e que acaba parecendo degradado. Isso tem em outras áreas da cidade, mas aqui vamos ter a revitalização para a entrada do São Pedro”, comentou.

Foto – Divulgação / Implurb
Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Manaus

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Saiba como ficará o trânsito em Manaus para o jogo entre Vasco X Guarani

Os times Vasco e Guarani se enfrentam nesta quinta-feira, 19/5, às 20h30, na Arena da Amaz…