Prefeito Arthur Neto inaugura Cime que foi símbolo na luta contra a Covid-19 como hospital de campanha - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, Domingo, 03 de Março de 2024

Manaus

Prefeito Arthur Neto inaugura Cime que foi símbolo na luta contra a Covid-19 como hospital de campanha

Publicado

no

Prefeito Arthur Neto inaugura Cime / Foto: Alex Pazuello / Semcom

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, entregou nesta segunda-feira, 7/12, o quarto Centro Integrado Municipal de Educação (Cime), que vai atender mais de 1,6 mil alunos entre educação infantil e ensino fundamental. O Cime, que recebeu o nome de Dra. Viviane Estrela Marques Rodella, está localizado na avenida Comendador José Cruz, Lago Azul, zona Norte. A inauguração contou com a presença do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Campbell Marques, irmão da homenageada.

O Cime está pronto desde o primeiro trimestre de 2020, mas, em função da pandemia de Covid-19, as aulas presenciais foram suspensas. Com o agravamento do quadro de pandemia e o colapso hospitalar, o prédio foi rapidamente adaptado para ser transformado em hospital de campanha, que salvou mais de 600 vidas durante o seu período de funcionamento. Após o encerramento das atividades, a unidade passou por nova adaptação, para voltar às condições anteriores e receber os alunos no próximo ano letivo.

“Nós temos vários símbolos. O primeiro que é uma escolona e vai dar uma educação inovadora e libertadora aos alunos. Fiz essas escolas em lugares muito pobres para dar oportunidades a elas. O segundo símbolo é a homenagem a uma pessoa preciosa, que morreu de maneira trágica e que merecia estar nesta reunião conosco. E terceiro é que aqui foi feito um hospital de campanha, que salvou centenas de vidas durante a crise mais forte da pandemia”, disse o prefeito Arthur Neto, que esteve acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

LEIA TAMBÉM  Contêiner cai e esmaga carreta no Porto Chibatão

 

Prefeito Arthur Neto inaugura Cime / Foto: Alex Pazuello / Semcom

A escola recebeu o nome em homenagem à médica Viviane Marques Rodella que, além da medicina, criou uma Organização Não Governamental que trazia crianças e alunos no contraturno para atividades educativas. “Quero agradecer ao prefeito Arthur Neto e sua equipe, porque a Viviane dedicou sua vida à luta pelas crianças e adolescentes”, afirmou o ministro Campbell. “Nada melhor para homenagear a Viviane, que uma escola como essa”, mencionou a outra irmã da homenageada, Vânia Marinho. “Minha mãe acreditava na educação libertadora, como essa escola se propõe”, reconheceu Gabriel Rodella, filho de Viviane.

LEIA TAMBÉM  Um show de cores no desfile do Unidos da Cidade Alta em Manaus

Com uma estrutura padrão e inovadora, pensado para uma educação do século 21, o Cime é a fusão da educação infantil e ensino fundamental em um só local, e dispõe de 576 vagas para alunos da educação infantil e 1.024 para o ensino fundamental. O centro conta com 12 salas de aula em cada prédio, salas de música, leitura, multiuso, informática, vestiários masculino e feminino, brinquedoteca, jardins e espaços compartilhados, como a quadra de esporte coberta e auditório. O prédio do ensino fundamental é de dois andares, mas oferece uma plataforma elevatória para pessoas com dificuldades de locomoção.

“A gestão do prefeito Arthur Neto está encerrando, mostrando que é possível dar oportunidades iguais para as crianças mais pobres. Não vamos mais reproduzir a educação bancária”, declarou a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, referindo-se ao modelo em que os alunos recebem os conteúdos, sem estímulo à capacidade crítica. “A educação integral será trabalhada junto com as comunidades”, completou a gestora.

O Cime foi construído por meio do Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem) e tem como objetivo geral expandir a cobertura e melhorar a qualidade da educação infantil e do ensino fundamental na rede municipal de Manaus, sendo parcialmente financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Publicidade
Confira as últimas notícias do TCE-AM
LEIA TAMBÉM  Carro capota e derruba poste na Avenida São Jorge, Zona Oeste de Manaus

Siga o canal

Homenagem

O nome do Cime é uma homenagem a Viviane Estrela Marques Rodella, médica nascida em Manaus em 1961, que dedicou a vida aos estudos e às crianças carentes. Viviane foi professora de língua inglesa, antes de entrar na faculdade de Medicina na Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Fez residência em Nefrologia, mas foi na Pediatria que a médica amazonense dedicou a sua vida e trabalhou em vários hospitais em São Paulo e em alguns municípios do Estado.

Viviane dedicou sua profissão às crianças e adolescentes, sobretudo os mais necessitados, onde criou a Organização Não Governamental (ONG) “Mapear: Transformando dor em amor”, que já atendeu mais 500 crianças em estado de extrema pobreza.

A médica amazonense morreu no dia 16 de agosto de 2016 em um acidente de carro, no interior de São Paulo, na rodovia estadual SP-340, quando colidiu com uma carreta e capotou na pista. Viviane era casada com o também médico Mário Rodella Júnior, sendo fruto dessa união três filhos.

Prefeito Arthur Neto inaugura Cime / Foto: Alex Pazuello / Semcom

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Gravo vídeos sobre cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo além de políticas públicas.

Curta a gente no Facebook

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Tribunal de Contas do Amazonas

Últimas Notícias do TCE-AM

Águas de Manaus

Últimas notícias da Águas de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas notícias da ALE-AM

Câmara Municipal de Manaus

Acompanhe nossas transmissões

Entre em nosso Grupo no Whatsapp

Participe do nosso grupo no Whatsapp

Últimas Atualizações