Home Notícias Esporte Brasil chega arregaçando o início das Paralimpíadas e fatura ouro, prata e bronze com recorde e goleada

Brasil chega arregaçando o início das Paralimpíadas e fatura ouro, prata e bronze com recorde e goleada

2 minutos lido
141

Ouro, prata e bronze na natação! A sequência de vitórias para o Brasil marcou o início a quarta-feira (24) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O paulista Gabriel Bandeira e o mineiro Gabriel Geraldo Araújo, também conhecido como Gabrielzinho, conquistaram as duas primeiras medalhas para a natação brasileira na Paralimpíada de Tóquio (Japão).

Bandeira levou o ouro com o tempo de 54s76, alcançando o novo recorde paralímpico na prova de 100 metros borboleta da classe S14 (deficientes intelectuais).

Siga nosso novo Instagram @portalnoam
Brasil chega arregaçando o início das Paralimpíadas e fatura ouro, prata e bronze com recorde e goleada – Imagem: Divulgação

Depois foi a vez de Phelipe Rodrigues garantir o bronze nos 50m livre, da classe S10, com o tempo de 23.50. A medalha é a oitava da carreira de Phelipe, que está em sua quarta Olimpíada. Especialista no nado livre, o nadador de 30 anos já acumula cinco pratas e dois bronzes no currículo, incluindo duas pratas nos 50m livre.

Já a prata veio na prova dos 100m costas da classe S2 (deficiência físico-motora). Gabrielzinho fez o tempo de 2min2s47. Essa foi a primeira medalha do Brasil as Paralimpíadas 2020. As competições de natação serão disputadas no Centro Aquático de Tóquio.

Nos 100m borboleta, atrás de Gabriel Bandeira, de 21 anos, ficou o britânico Reece Dunn, que levou medalha de prata, tendo obtido a marca de 55s12. Ele é o atual recordista mundial. Na sequência tivemos o australiano Benjamin Hance, com o tempo de 56s90.

Já na classe S14, à frente de Gabriel Geraldo Araújo, de 19 anos, ficou apenas o chileno Alberto Abarza, que se tornou campeão paralímpico após atingir 2min00s40. Já o bronze quem levou foi Vladimir Danilenko, do Comitê Olímpico Russo, com a marca de 2min02s74.

Já a Seleção masculina brasileira de goalball estreou em Tóquio com goleada de 11 a 2 sobre a Lituânia, atual campeã das Paralimpíadas. O trio: Romário, Leomon e Parazinho garantiu a vitória. No jogo, de dois tempos de 12 minutos, a seleção brasileira começou defendendo muito bem e forçando a a Lituânia a cometer penalidades que acabaram determinando a ampla vantagem brasileira no placar.

O Brasil, medalha de bronze nos Jogos do Rio 2016 e atual bicampeão mundial, está no Grupo A com Estados Unidos, prata em 2016, além de Japão e Argélia. Os brasileiros encaram os americanos, atuais medalhistas de prata nas Paralimpíadas, na próxima quinta-feira, às 1h15 (horário de Brasília).

Estreia espetacular do Brasil no goalball, contra a campeã olímpica, mostra que os brasileiros são favoritos ao inédito ouro paralímpico na categoria.

Brasil chega arregaçando o início das Paralimpíadas e fatura ouro, prata e bronze com recorde e goleada – Imagem: Divulgação

 

Comentários com Facebook

Receba nossas notícias no seu e-mail 📩:
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Jussara Melo
Carregar Mais Em Esporte

Leia Também

Manaus empata diante do Ypiranga-RS pela Série C do Brasileirão

O Gavião do Norte terá mais três jogos decisivos em busca do acesso à segunda divisão do f…