Home Notícias Brasil Crianças de 9, 11 e 12 anos deram detalhes crueis de como mataram menino de 5 anos que foi estuprado, enforcado e jogado no rio

Crianças de 9, 11 e 12 anos deram detalhes crueis de como mataram menino de 5 anos que foi estuprado, enforcado e jogado no rio

2 minutos o tempo de leitura
616

Nessa semana um crime brutal chocou o Brasil. Trata-se do caso do assassinato do pequeno Júlio Henrique de Miranda, de 5 anos, que teria sido amarrado, espancado e arremessado a uma represa em Marabá, no Pará, chocou a todos pela autoria – três crianças de 9, 11 e 12 anos – que está sendo investigados pela 21ª Seccional de Polícia Civil.

Enquanto a mãe carregava pelas ruas o corpo do filho, encontrado morto às margens da represa na cidade, moradores se revoltaram com os suspeitos, os três meninos que prestaram depoimento horas após o acontecido.

De acordo com o DOL, que teve acesso aos relatos de duas crianças. No primeiro, a criança de 11 anos, ao ser questionada sobre o crime, respondeu que o “idealizador” seria a criança de 12, que imediatamente rebateu as acusações.

“Não fui eu, não. Eu cheguei da escola, fui para casa e depois que eu fui saber. Eu não joguei ninguém de represa, não! Pode perguntar para o meu avô e para minha mãe”, negou o menino, afirmando ainda que não chegou a se envolver com os demais.

O testemunho, porém, foi contra-argumentado pela criança de 11 anos, que insistiu com as acusações, oferecendo detalhes às autoridades. “Quem jogou a criança?”, questionou o policial. “Foi ele”, afirma o menino de 11 para o de 12.

“Ele amarrou e ficou batendo nele”, explica em seguida. O policial pergunta quem teria jogado o garoto de 5 anos, momento em que a criança responde que teria sido o menino de 9 anos.

Entenda o caso

O sargento Jordeilton Santos, da Polícia Militar, contou que a guarnição foi acionada por volta de 20h de quarta-feira (17), pela mãe da vítima, que contou que o filho estava brincando em frente à residência, quando desapareceu.

Os militares iniciaram as buscas e encerraram por volta de 3h da madrugada desta quinta (17). A população, entretanto, continuou as buscas com a família do menino.

Quando o dia amanheceu, os policiais foram informados que a mãe tinha encontrado o filho morto e estava com o cadáver.

“A gente se deslocou até o local. Ela estava no braço com ele no meio da estrada. A gente só acompanhou até a casa dela, informou ao IML e fizemos os procedimentos legais”, informou o militar.

pequeno Júlio Henrique de Miranda, de 5 anos
Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Brasil

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Primo mata prima, joga corpo no rio, esfaqueia marido dela e no final tira a sua própria vida

Uma verdadeira tragédia resultou na morte de duas pessoas da mesma família, e na quase mor…