Home Notícias Amazonas Governo do Amazonas reforça a rede de assistência contratando mais de 1.300 profissionais de saúde

Governo do Amazonas reforça a rede de assistência contratando mais de 1.300 profissionais de saúde

3 minutos o tempo de leitura
29
FOTOS: Rodrigo Santos/SES-AM

Os profissionais já foram contratados pela urgência na demanda e atuam em SPAs, hospitais e outras unidades da capital

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), já reforçou a rede de assistência da capital com mais de 1.300 profissionais de saúde, dando seguimento ao edital de chamamento público emergencial lançado no dia 15 de janeiro. Do total de cadastros, 102 são de Pessoas Com Deficiência (PCD) e todas foram convocadas. As inscrições para nove áreas de atuação terminaram neste domingo (23/01) e o processo está em fase de homologação.

O edital é para contratação temporária pelo período de 30 dias, podendo haver a prorrogação de contrato. De acordo com a SES-AM, em uma semana, o número de inscritos ultrapassou 17 mil. Ao todo, 1.309 trabalhadores já foram contratados pela urgência na demanda, atuando em funções como enfermeiro, assistente social, farmacêutico, técnico de enfermagem, farmacêutico bioquímico, fisioterapeuta, médico clínico geral, nutricionista e psicólogo. O excedente de inscritos irá compor o cadastro reserva da SES-AM.

Os profissionais estão distribuídos em 20 unidades da rede de saúde como Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) e hospitais e prontos-socorros. Além disso, os contratados também reforçarão o quadro da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) e Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon).

Ainda de acordo com a SES-AM, os profissionais contratados temporariamente devem compensar a quantidade de servidores afastados por motivos de saúde, principalmente por síndromes respiratórias.

O enfermeiro Jander Amaral, 36 anos, já atua na rede estadual de saúde e foi contratado para trabalhar temporariamente na Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ). Ele avalia a contratação como uma nova oportunidade de ajudar a população.

“É muito importante neste momento, não só na parte profissional como pessoal, porque eu estudei e me preparei para ajudar pessoas. Neste momento me sinto uma pessoa privilegiada. Já faço parte da linha de frente e agora pretendo contribuir mais ainda nessa minha nova caminhada no Amazonas”, afirma Jander.

Contratação – Conforme a SES-AM, por ser um edital de caráter emergencial, não foi definido número de vagas de contratação. Os profissionais cadastrados e selecionados serão convocados de acordo com a demanda da rede de saúde na capital.

Para a contratação, é obrigatória a apresentação da carteira de vacinação de Covid-19 com a aplicação da dose de reforço.

Além disso, não serão aceitas inscrições de candidatos com idade igual ou superior a 60 anos, gestantes e lactantes, portadores de doenças crônicas, por se enquadrarem no grupo em que a Covid-19 pode se manifestar de forma mais grave.

Todas as contratações serão publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE). O não comparecimento do candidato convocado implicará sua eliminação do certame.

Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Jussara Melo
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Maio Laranja : Deputada Joana Darc reitera cumprimento da “Lei do Minuto Seguinte”

Nesta quarta (18), Dia Nacional de Combate ao abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Ad…