Pesquisa comprova que gatos copiam a personalidade dos donos

176

Os gatos, normalmente, são conhecidos por duas coisas: por serem independentes e pela forte personalidade. Em algumas vezes são julgados como egoístas e até indiferentes. Porém, o que muita gente não sabe é que todos esses estereótipos sobre os gatos podem ser equivocados.

Pesquisa comprova que gatos copiam a personalidade dos donos/ Fonte: Google Imagens
Pesquisa comprova que gatos copiam a personalidade dos donos/ Fonte: Google Imagens

Um novo estudo, publicado na revista científica PLOS One, afirma que na verdade, a personalidade dos gatos é profundamente influenciada pelos hábitos e comportamentos das pessoas que os cercam. De acordo com os dados do estudo, essa relação acontece porque muitas pessoas consideram seus animais de estimação como membros da família, e formam laços sociais estreitos com eles.

Para provar isso, mais de 3 mil “pais de pets” completaram uma avaliação conhecida como Modelo dos Cinco Grandes Fatores, ou Big Five. Ela mede os cinco traços de personalidade mais aceitos pela psicologia: neuroticismo (ou instabilidade emocional), extroversão, sociabilidade, escrupulosidade (que mede a autodisciplina) e abertura para novas experiências. Os pesquisadores analisaram também o histórico de saúde e de comportamento dos gatos de cada um dos 3.165 voluntários.

Eles descobriram o seguinte: quanto mais emocionalmente instável era o dono, maiores as chances de o gato agir de forma medrosa, agressiva  ou ansiosa – e de ter sido diagnosticado com comportamento problemático ou com doenças relacionadas ao estresse.

Além de tudo, os gatos de donos neuróticos também eram mais obesos. Já os pets de pessoas sociáveis eram mais sociáveis com outros animais, e os bichos de donos extrovertidos saíam mais de casa que os demais.

Apesar dessas observações, os pesquisadores acreditam que é preciso fazer mais pesquisas para entender melhor a influência humana sobre os bichanos. “A maioria dos donos quer oferecer o melhor tratamento aos seus gatos, e esses resultados destacam uma relação importante entre nossas personalidades e o bem-estar de nossos animais de estimação”, disse um dos pesquisadores.

“Os gatos nem sempre acham que viver como animais de estimação é fácil, e é importante que estejamos cientes de como nosso comportamento pode causar impactos, tanto de maneira positiva quanto negativa.”

Por isso, é ainda mais importante se preocupar com o bem-estar do animal e zelar pelo seu conforto. Afinal, são as pequenas atitudes diárias que vão refletir no comportamento dele com outras pessoas e animais.

Mesmo entre as pessoas que gostam de gato, a palavra gatificação ainda é desconhecida. Nada mais é do que adequar um espaço, ou mesmo uma parede para as necessidades dos bichanos. Criar um ambiente verticalizados poderá trazer inúmeros benefícios aos pequenos.

Além de diverti-los, irá propiciar comportamentos instintivos dos felinos. Tenha certeza que eles serão mais felizes e passarão longe do estresse e da depressão.

Planeje um cantinho para seu gato

Gatos precisam de um lugar para chamar de seu. Sendo assim, separe uma caixa em que ele possa, nos primeiros dias, se sentir confortável e até mesmo se esconder quando estiver com medo. Coloque comida e água bem distante do gato, desta forma ele será obrigado a explorar o local. Depois, vá transformando o cantinho do seu gatinho de forma a deixá-lo mais confortável.

Tenha cuidado com os esconderijos

Tente cobrir os buracos e locais apertados onde o gato possa se esconder. Acontece que a curiosidade felina chega aos extremos e ele pode acabar se machucando, principalmente nos primeiros dias.

Quando ele já conhecer melhor a casa, você pode até disponibilizar alguns “esconderijos”, desde que com segurança.

Potes de comida e água

Felinos não curtem plástico, então procure disponibilizar comedouros para gatos de outros materiais. E é importante lembrar que a água deles tem de ser trocada constantemente, no mínimo três vezes ao dia. Afinal, além de tudo, eles odeiam água velha. 

Tenha um arranhador

Pense com carinho na possibilidade de comprar um arranhador. Você vai adorar vê-lo arranhando algo que foi feito para isso, em vez de afiar as garras em seu sofá, seu edredom, seus sapatos, sua mochila.

Brinquedos

Gatos se entretêm sozinhos, mas eles podem se entreter com coisas erradas, como por exemplo o seu sapato, a sua mochila, o seu prendedor de cabelo e até mesmo o seu cabelo! Então os brinquedos são uma ótima forma de exercitar os gatinhos sem perder seus objetos.

Comentários