Home Notícias Polícia “Petista eu mato em plantão, viu?” diz médico bolsonarista em grupo de amigos

“Petista eu mato em plantão, viu?” diz médico bolsonarista em grupo de amigos

1 minutos lido
240

Um médico bolsonarista da cidade de Muriaé – MG, disse em seu grupo de amigos que “Petista eu mato em plantão”. As mensagens, por motivos óbvios, não pegaram nada bem, afinal, o médico sugere matar pacientes que não estejam alinhados com suas convicções políticas. Como um bom bolsonarista, ele apagou os perfis nas redes sociais após a repercussão do conteúdo

O médico Bernardo Pinto de Oliveira Souza, de Muriaé (MG), apagou os seus perfis nas redes sociais após a divulgação de mensagens em que ele sugere matar pacientes que não estejam alinhados com suas convicções políticas.

“C [você] caça um jeito de arruma um plano de saúde proc pq petista eu mato em plantão viu” (sic), disse o médico em um grupo de WhatsApp.

“Qd c tiver morrendo lá, quero que vc grita luladrao e eu enfio o dedo no seu cu pra vê a lágrima escorrendo nos Zoi. Petista trata-se assim”, completou.

Membros do diretório do PT de Muriaé (MG) pretendem denunciar o médico ao Ministério Público e ao Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG).

Antes de apagar seus perfis nas redes sociais, Bernardo demonstrava apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Ele ostentava fotos com frases como “o Lula tá preso, babaca”, “PT não” e “Bolsonaro 17”.

Declarações como a de Bernardo não são novidade. Um caso que ganhou projeção nacional foi o dos médicos que tiveram acesso ao diagnóstico de Marisa Letícia, ex-companheira de Lula. Relembre:

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Polícia

Leia Também

Lutador é preso após tentar matar filha autista de 6 anos em Manaus

Um lutador de 37 anos foi preso nesta terça-feira (4) após tentar matar a própria filha, u…