Home Notícias Manaus Estudantes realizam protesto para pedir a saída de professor que teria assediado aluna

Estudantes realizam protesto para pedir a saída de professor que teria assediado aluna

1 minutos lido
19

Na manhã desta sexta-feira (5/4), um grupo de estudantes realizaram um protesto em frente a Escola Estadual Senador João Bosco, localizada na avenida Noel Nutels, Cidade Nova I, para pedir a saída do professor suspeito de assédio a uma aluna da própria escola. De acordo com informações o acusado foi afastado das atividades, mas teria sido visto na noite de quinta-feira (4/4) na escola.

Estudantes realizam protesto para pedir a saída de professor que teria assediado aluna – Imagem: Divulgação

O caso de assédio teria iniciado após uma aluna de 16 anos ter denunciado que o professor estaria mandando mensagens pornográficas e de ter aliciado a mesma passando a mão nela, de acordo com mãe da aluna que teria sido chamada na escola após a denuncia da filha. Logo após a revelação da menor, foi feito um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA). Outras estudantes relataram que também foram vítimas do professor.

O secretário executivo adjunto da capital na Seduc, professor Bibiano Garcia, esteve no local e mostrou apoio à manifestação dos estudantes.De acordo com o secretário, a Seduc repudia o ato do professor denunciado. E afirmou que o professor acusado já está afastado e será encaminhado tudo aquilo que a lei implica.

De acordo com informações da Seduc, o professor acusado foi afastado da unidade de ensino e foi aberto um processo administrativo para apuração do caso, durante o qual “será respeitado o direito à ampla defesa do servidor”. As supostas mensagens trocadas por meio de um aplicativo nas quais um professor alicia sexualmente a aluna, passarão por investigação.

Estudantes realizam protesto para pedir a saída de professor que teria assediado aluna – Imagem: Reprodução

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, a ocorrência foi atendida pela delegada plantonista que lavrou procedimento de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por perturbação da tranquilidade que deverá ser encaminhado à Justiça.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Manaus

Leia Também

De saco cheio de irresponsabilidade, mãe vai buscar filha em balada clandestina debaixo de galho de goiabeira

Um vídeo pra lá de curioso mostra uma mãe revoltada com a filha e invadindo uma festa clan…