Fomento à CT&I no Amazonas é apresentado em audiência pública

40

Dados sobre o fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no Amazonas realizado pela Fundação de Amparo à Pesquisado Estado do Amazonas (Fapeam) foram apresentados na segunda-feira (16/09) pela diretora-presidente da instituição, Márcia Perales, durante audiência pública realizada no Auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Estado Amazonas (Aleam), bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

O debate foi uma iniciativa do presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação, Informática e Inovação da Aleam, deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), e trouxe como tema “A Amazônia não tem solução fora da ciência e tecnologia”.

Fomento à CT&I no Amazonas é apresentado em audiência pública / Foto : Érico Xavier
Fomento à CT&I no Amazonas é apresentado em audiência pública / Foto : Érico Xavier

Segundo Serafim Corrêa, o objetivo da reunião foi colocar as instituições de ensino, pesquisa e CT&I para conversarem, e a audiência permitiu esse diálogo entre os órgãos e o Parlamento, em conjunto com a sociedade.

Durante a audiência pública, Márcia Perales, apresentou o panorama dos investimentos realizados pela Fapeam ao longo de dez anos (2008-2018) e evidenciou que o investimento para a CT&I no Amazonas tem retomado crescimento em 2019. De janeiro a agosto deste ano, a Fapeam já lançou 13 programas para apoiar a formação de recursos humanos, pesquisa, inovação, difusão e popularização da ciência no estado.

Para 2019 estão provisionados em fomento à CT&I pela Fapeam investimentos da ordem de R$ 85.671.650,00, muito mais do que nos anos de 2017 e 2018, quando foram investidos R$ 39.213.917,00 e R$ 63.355.350,00, respectivamente.

“A Ciência tem sido a principal mola propulsora de todas as transformações societárias produtivas, tecnológicas e culturais, com um papel muito grande em todos os processos da nossa vida, inclusive no nosso cotidiano. Por exemplo, todas as vezes que entramos numa farmácia, ali está o resultado de uma pesquisa. Manter os investimentos em CT&I para o Amazonas tem sido uma prioridade do Governo do Estado, para que essa produção tecnológica e científica contribua no desenvolvimento social, econômico e ambiental do nosso Estado. A ciência tem que estar a serviço da sociedade” disse a diretora-presidente.

Atualmente, a Fapeam conta com três editais abertos. Na área de inovação e empreendedorismo tem o Programa de Apoio a Incubadoras (Pró-Incubadoras), que recebe propostas até o dia 21 de outubro, e o Programa Centelha Amazonas, que recebe inscrição até o dia 29 de outubro. Já o Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev) recebe, até o dia 31 de janeiro de 2020, propostas de interessados em realizar eventos no segundo semestre do ano que vem.

Além da Fapeam, participaram da audiência pública representantes do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti) e Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Fomento à CT&I no Amazonas é apresentado em audiência pública / Foto : Érico Xavier
Fomento à CT&I no Amazonas é apresentado em audiência pública / Foto : Érico Xavier

Comentários