Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, terça, 06 de dezembro de 2022

Lendas Urbanas

Reizo Castelo Branco e o curioso caso do Streptococcus

Publicado

no

Eu não sei há quantos anos exatamente eu ouvi isso, mas acontece que sempre que lembro eu não consigo parar de rir.

Reza a lenda que o vereador mais votado de Manaus na penúltima eleição, Reizo Castelo Branco, estava apresentando aquele programa sensacionalista que o pai dele apresentava antes de ter o AVC e ter saído de cena , quando uma das ouvintes ligou e conversou com o repórter-apresentador:

– Pelo amor de Deus, meu filho foi atacado pelo Estafilococos na Compensa e está internado no 28 de agosto, por favor, me ajuda. – Disparou a senhora ao telefone.

Imediatamente, o apresentador, indignado retrucou:

– Streptococcus, seu desgraçado, vamos baixar com a Rocam aí na Compensa e tu tá ferrado

O que o jovem prodígio não sabia é que Estafilococo se trata de um gênero de bactérias que pode causar doenças no ser humano.

É claro que em minutos a gafe do vereador ganhou repercussão nas redes sociais.

É isso aí, vereador. Quem iria imaginar que Streptococcus seria uma bactéria né? Eu acharia que fosse alguma comida estragada, por exemplo, sei lá…vai saber.

Como a internet não perdoa e para tirar sarro, até reproduziram fantasias carnavalescas sobre o tema. Abaixo, a do Sararau.

Streptococcus

Streptococcus / Reprodução Instagram @Sararau

 

À época, 2012, diversos memes foram criados. Ainda é possível pesquisar sobre o tema na internet com vários links sobre a história. Abaixo, dois memes que consegui recuperar através dos sites que criaram conteúdo sobre a história do Streptococcus.

 

“Streptococcus, seu desgraçado, vamos baixar com a Rocam aí na Compensa e tu tá ferrado”

“Streptococcus, seu desgraçado, vamos baixar com a Rocam aí na Compensa e tu tá ferrado”

“Streptococcus, seu desgraçado, vamos baixar com a Rocam aí na Compensa e tu tá ferrado”

“Streptococcus, seu desgraçado, vamos baixar com a Rocam aí na Compensa e tu tá ferrado”

Estafilococos

A bactéria Staphylococcus aureus causa morte por infecção generalizada e infelizmente é comum: vive na pele de até 20% da população mundial. Mas, em casos raros, pode entrar no organismo via machucados, hematomas ou cortes, cair na corrente sanguínea, causar uma infecção generalizada e provocar a morte em poucas horas.

A Staphylococcus aureus costuma viver na pele, sobretudo dentro do nariz. Via de regra, não causa problemas. Mas, em pessoas com predisposição genética, a bactéria pode cair na corrente sanguínea quando coçamos um local da pele onde ela está em grande quantidade e, em seguida, coçamos feridas, hematomas, cortes ou espinhas – portas de entrada para a corrente sanguínea.

Das espécies de estafilocos, a Staphylococcus aureus é a mais perigosa. Medidas de prevenção incluem higienizar as mãos e não coçar feridas, machucados ou espinhas. O tratamento é com um derivado da penicilina, antibiótico comum em hospitais. No entanto, dada a rápida evolução e a dificuldade de diagnóstico, o perigo é alto.

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇...

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Atualmente, participo de diversas ações e discussões na área de cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo, além de ações sociais.

Dezembro Vermelho: Escolher a prevenção é uma forma de amar-se

Dezembro Vermelho: Escolher a prevenção é uma forma de amar-se

Renegocie suas dívidas com a AFEAM

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Falando de Contas

Programa do TCE-AM

Facebook

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Tribunal de Contas do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações