Três pessoas que saqueavam barco que naufragou no Pará são detidas pela polícia

82

Na √ļltima quinta-feira (24/8), tr√™s pessoas foram detidas quando tentavam saquear a embarca√ß√£o que naufragou na madrugada de quarta (23/8) no Par√°, segundo informa√ß√Ķes da Secretaria de Estado de Seguran√ßa P√ļblica e Defesa Social (Segup).

Pelo menos 21 pessoas morreram no acidente com o barco Capitão Ribeiro, que seguia pelo Rio Xingu entre os municípios de Porto de Moz e Senador José Porfírio, no sudoeste do Pará.

Segundo a Segup, os detidos foram levados à delegacia local. Na embarcação ainda naufragada, que foi içada à superfície na tarde desta quarta, estavam os pertences das vítimas. Segundo o dono do barco, 48 pessoas estavam a bordo no momento do acidente.

A embarca√ß√£o Capit√£o Ribeiro n√£o tinha registro fornecido pela Ag√™ncia Estadual de Regula√ß√£o e Controle de Servi√ßos P√ļblicos (Arcon). O barco saiu Santar√©m e seu destino final era Vit√≥ria do Xingu, mas havia paradas nos munic√≠pio de Monte Alegre, Prainha, Porto de Moz e Senador Jos√© Porf√≠rio. O trecho do Xingu onde ocorreu o naufr√°gio √© conhecido por fortes correntezas e tem profundidade de at√© 30 metros.

Segundo comunicado da Arcon, a embarca√ß√£o pertence √† empresa Almeida e Ribeiro Navega√ß√£o Ltda e realizava ‚Äútransporte clandestino de usu√°rios‚ÄĚ. Embora tivesse sido notificada pela fiscaliza√ß√£o da Arcon no dia 5 de junho deste ano para que providenciasse a regulariza√ß√£o, nenhum diretor da empresa compareceu ao √≥rg√£o p√ļblico. Ou seja, ela continuava irregular, mas navegando normalmente pelos rios da regi√£o.

Três pessoas que saqueavam barco que naufragou no Pará são detidas pela polícia - Imagem: Agência Brasil
Três pessoas que saqueavam barco que naufragou no Pará são detidas pela polícia РImagem: Agência Brasil

 

 

Coment√°rios