Elisabeth Valeiko fala tudo que sabe na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros

641

Um dos depoimentos mais aguardados aconteceu nesta segunda-feira (21). A primeira-dama de Manaus, Elizabeth Valeiko, mãe de Alejandro Valeiko, compareceu à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para conversar com a polícia tudo que sabe.

No domingo (13), Elizabeth confessou em rede nacional, que ao lado da filha, esteve na casa do filho após o crime e que a filha ajudou a limpar o sangue do chão. No trecho da entrevista ao Fantástico, o Show da Vida, Elizabeth Valeiko ainda afirma que se a provável cena de um crime foi alterada, a culpa é da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM).

“De fato, havia sangue. A minha filha pegou um papel, não sei se papel toalha ou papel higiênico, passou, limpou […]. Ordem pra lavar? Lavar o quê? O que eu acho que seria correto era a polícia ter vedado o local, não deixar ninguém entrar e fazer uma perícia. Porque a verdade, eu quero”, disse a primeira-dama na matéria.

Esta é a segunda vez que ela se pronuncia oficialmente sobre o crime. Na última sexta-feira (18), a primeira-dama foi à sede do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para conversar com o promotor que acompanha o caso, segundo a defesa dela.

O filho dela, Alejandro Valeiko, está preso suspeito de ter envolvimento na morte do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, de 41 anos.

Elizabeth Valeiko na Delegacia

Comentários