“Meu pai ele sempre foi misógino” disse Isabela sobre o pai em entrevista

2937

36 horas após o terrível assassinato que culminou na morte do ator mirim de Chiquititas Rafael Miguel junto com seus pais no último domingo(9), o assassino Paulo Cupertino Matias de 48 anos, continua foragido.

No inicio haviam especulado que a namorada do Rafael, Isabela Tibcherani, estivesse grávida porém essa versão foi negada veemente pela moça.

Em entrevista exclusiva ao Cidade Alerta, Isabela deu detalhes do seu relacionamento com o ator e também contou que sua relação com seu pai nunca foi boa. A moça disse “meu pai ele sempre foi meio misógino. Ele nunca gostou de mulher. Ele sempre impediu minha mãe de viver. Eu presenciei muitas coisas ruins na nossa vida desde pequena. Então eu sei como ele é. Um jeito ruim que ele é de impedir a felicidade alheia”.

Ela conta que o fato de ser a única filha menina de 4 irmãos, talvez tivesse motivado ainda mais o ódio do pai. Ela disse ainda que ele tem essa coisa “de querer ter posse da vida das pessoas”.

Sobre o relacionamento do pai com a mãe, ela contou que o pai foi ajudado pela mãe por diversas vezes, inclusive enquanto ele andava foragido por motivos que a Isabela desconhece até hoje, mas que sempre via a mãe sacar dinheiro para ele. Com o tempo, a jovem contou que o pai foi “podando” a mãe, e até começar a bater nela, agredir e fazer mal. Ela contou que sua mãe sempre foi independente e que algumas vezes a mãe até dava cobertura para que os jovens curtissem o tempo juntos, vigiando para que o pai não chegasse. Porém, a mãe fazia dentro da medida do possível sempre com medo de o que o pai poderia fazer com ela, com a filha e com o genro.

Sobre o momento do assassinato, Isabela conta que entrou em desespero ao ver a vida do seu namorado esvaindo e a sua boca começar a ficar roxa. Ela o pegou no seu colo e começou a pedir que o Rafael permanecesse com ela. Que ele aguentasse. Que ele não a deixasse. Que eles casariam. E lentamente ela sentiu o pulso dele parando. Ela em desespero pedindo para que chamassem uma ambulância. Até que ela infelizmente viu o seu namorado morrer na sua frente.

Isabela conta que vivia em cárcere privado e que saberia que algo ruim poderia acontecer no momento em que ela saísse de casa. Foi justamente o que aconteceu no domingo, quando a jovem saiu pela manhã pra caminhar sem rumo. Ela pensava que o máximo que seu pai fosse capaz de fazer fosse uma luta física e que isso pudesse ser apartado.

Eles não tiveram nada. Quando o rapaz falou “vamos conversar”, não houve conversa. O pai enciumado e doentio atirou e matou todos da família Miguel. Isabela contou que não viu nem pra onde o pai correu, só sabe que ela correu pra socorrer o Rafael.

O pai assassino Paulo Cupertino Matias de 48 anos, continua foragido.

Os corpos de Rafael Miguel, ator de 22 anos, e João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, foram enterrados na tarde desta segunda-feira (10) no Cemitério Campo Grande, na zona sul da cidade de São Paulo.

Durante o cortejo fúnebre, familiares e amigos caminharam ao som de Ave Maria. Emocionada, Isabela foi amparada por amigos e depositou girassóis e um ursinho de pelúcia no túmulo do namorado. “Rafael salvou a minha vida. Ele foi um herói, os pais deles criaram um príncipe, um anjo”, disse Isabela ao deixar o local. A irmã do ator, Camilla, não quis falar com a imprensa e chorava muito. Acompanhe a cobertura completa do caso curtindo nossa fan page.

Velório de Rafael Miguel, João Alcisio e Miriam Miguel
/ Divulgação

Isabela Tibcherani, namorada do ator Rafael Henrique Miguel, assassinado por Paulo Cupertino Matias, pai da jovem, concedeu entrevista exclusiva ao Cidade Alerta e deu detalhes do seu relacionamento com o ator e também contou que sua relação com seu pai nunca foi boa. Veja!

Se o vídeo não carregar, clique aqui.

Comentários