Home Notícias Polícia Pai joga bebê de 11 meses no rio por acreditar que filho estava “se transformando no diabo”

Pai joga bebê de 11 meses no rio por acreditar que filho estava “se transformando no diabo”

1 minutos lido
235

 

Um homem foi considerado culpado pela morte do próprio filho, de 11 meses, por jogar o bebê no rio. Zakari Bennett-Eko morreu após ser retirado do rio Irwell em Radcliffe, na Inglaterra, em setembro do ano passado.

Para o tribunal, o pai, Zak Bennett-Eko, de 23 anos, disse acreditar que seu filho estava se transformando no diabo. Ele foi condenado por homicídio culposo, alegando responsabilidade diminuída. O homem sofre de esquizofrenia paranoica.

No julgamento de seis dias, os jurados ouviram que o pai deixou a casa da família com seu filho em um carrinho de bebê no dia 11 de setembro do ano passado. Zak disse que passou por duas mulheres com “olhos de diabo” e que queriam que ele afogasse seu filho. Ele foi visto jogando o bebê no rio antes de caminhar até um pub nas proximidades, onde mais tarde foi preso.

Defesa

O promotor Rob Hall disse que a parceira do homem, Emma Blood, que estava grávida de oito meses, disse a ele no dia da morte do filho que ele precisava começar a cuidar de si mesmo, porque ela não seria capaz de cuidar de dois bebês e dele. “Pode ser que essa troca tenha criado a semente na mente de Zak de que eles estariam melhor sem Zakari”, disse aos jurados.

Ainda de acordo com o promotor, o pai disse que viu as pernas do bebê se expandindo e que a criança “estava se transformando no diabo”.

Psicótico

O homem, que foi diagnosticado com psicose relacionada à cannabis aos 17 anos, pediu para ser internado em um hospital psiqiuátrico três dias antes de matar seu filho, mas saiu antes de ser avaliado.

Durante seu depoimento, o psiquiatra Inti Qurashi contou que Zak disse que hesitou antes de jogar o filho no rio.

O juiz do caso explicou: “Qurashi disse que considerou a hesitação antes de o bebê ser jogado no rio um ponto importante e disse que mostrava que o réu sabia que o que estava prestes a fazer era errado”.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Polícia

Leia Também

Homem é executado na estrada do turismo

Na tarde desta terça-feira (11), um homem identificado apenas como Leandro, vulgo “Pamonhe…