Home Notícias Prefeita de Presidente Figueiredo denuncia fraudes em programa de auxílio emergencial e polícia realiza operação

Prefeita de Presidente Figueiredo denuncia fraudes em programa de auxílio emergencial e polícia realiza operação

1 minutos lido
281

Na manhã desta terça-feira (05/10) o 37º Distrito de Polícia Civil de Presidente Figueiredo, Região Metropolitana de Manaus, realizou a operação “Auxílio Reclusão”, referente a fraudes no programa de auxílio emergencial do municipio. Durante a operação foram cumpridos 3 mandados de prisão temporária e 05 mandados de busca e apreensão.

Prefeita de Presidente Figueiredo denuncia fraudes em programa de auxílio emergencial e polícia realiza operação – Imagem: Divulgação

A Operação se desencadeou depois que a própria prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes, denunciou o esquema assim que teve conhecimento dos fatos. A chefe do poder executivo da cidade encaminhou todos os dados à Polícia Civil para que fosse realizada a investigação dando início a Operação “Auxílio Reclusão”.

As denúncias feitas pela prefeita Patrícia davam conta que os cartões do auxílio emergencial municipal estavam sendo extraviados da Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMASC, e posteriormente trocados por dinheiro no comércio de Figueiredo.

De acordo com informações da Prefeitura, o benefício foi criado em fevereiro de 2021, com o objetivo de amparar cerca de 8.000 (oito mil) famílias em situação de baixa renda, durante o período da pandemia da Covid-19, com o valor de R$ 600,00 (seiscentos reais) pago em três parcelas de R$200,00 (duzentos reais), através de um cartão de alimentação, administrado pela empresa ALELO.

Segundo o que já foi investigado, pouco mais de 6.000 (seis mil) famílias resgataram cartões, do total de 8.000 (oito mil) benefícios. Porém restavam somente 954 (novecentos e cinquenta e quatro) cartões a serem entregues. Logo, calcula-se que o desvio de cartões estaria em torno de 1.000 (mil) cartões, com os valores já sacados.

Considerando o valor de saldo de cada cartão de R$600,00, o valor extraviado é de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais).

Os investigados irão responder pelos crimes de associação criminosa, furto qualificado, peculato furto e usura pecuniária.

Prefeita de Presidente Figueiredo denuncia fraudes em programa de auxílio emergencial e polícia realiza operação – Imagem: Divulgação
Prefeita de Presidente Figueiredo denuncia fraudes em programa de auxílio emergencial e polícia realiza operação – Imagem: Divulgação
Comentários com Facebook

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Jussara Melo
Carregar Mais Em Notícias

Leia Também

Jogador italiano vai na casa de golpista após 15 anos sendo enganado

Imagine que quinze anos após inúmeras trocas de mensagens e ligações telefônicas com uma n…